Demonologia

Demonologia é o estudo sistemático dos demônios. Quando envolve os estudo de textos bíblicos, é considerada um ramo da Teologia. Por geralmente se referir aos demônios descritos no Cristianismo, pode ser considerada um estudo de parte da hierarquia bíblica. Também não está diretamente relacionada ao culto aos demônios.

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Conheça as 8 bizarrices descritas na Bíblia

A Bíblia é considerada como um livro sagrado para os cristãos, mas ela não deixa de ter incongruências e até mesmo dezenas de histórias completamente bizarras para o contexto da sociedade atual. Afinal, para um livro escrito há milhares de anos, é melhor não esperarmos conceitos muito condizentes com nossa vida de hoje em dia.
Se você está curioso para conhecer algumas das passagens mais estranhas que podem ser encontradas na Bíblia, o site Listverse criou um ranking das coisas mais confusas, estranhas ou horripilantes do livro sagrado – e nós escolhemos aqui algumas das melhores passagens relatadas por lá.
Se você acredita fielmente em cada pedaço da Bíblia, quem sabe possa rever alguns trechos dela – ou é melhor não seguir com a leitura, que pode ser considerada totalmente herege.
1 - Não ria dos carecas
Uma das passagens mais inspiradoras (ou assustadoras) da Bíblia está no livro de Reis (2:23-24). Ela conta a história de Elias, um homem bastante sábio, mas que sofria com a calvície, própria de sua idade. Um belo dia, ele estava em uma longa caminhada até Betel, na Cananeia, quando foi atacado por um grupo de crianças que queria provocá-lo por conta de sua careca.
Mas Elias soube se vingar e lançou maldições em nome do Senhor para aqueles meninos. Imediatamente, duas ursas surgiram do bosque e aniquilaram as 42 crianças, destruindo seus corpos até a morte. Moral da história? Nunca dê risada de um careca. Deus leva isso muito a sério.
 2 – Violência e morte sem a condenação divina
Algumas histórias na Bíblia são bastante perturbadoras, mas é difícil encontrarmos algo tão horripilante quanto o que é descrito em Juízes 19:22-30. A história não é só bizarra, mas também totalmente repugnante.
Um homem e sua amante estavam vagando pelas ruas até que um indivíduo aceita hospedar os dois em sua casa. No meio da noite, um grupo de homens apareceu em sua porta, exigindo que ele entregasse seu hóspede para que eles tivessem relações sexuais com o viajante. O dono da casa então ofereceu sua filha virgem no lugar do homem.
Se tudo isso já não fosse ruim o suficiente, os homens ainda deixaram que ela sangrasse até a morte. Quando ela foi encontrada por seu noivo, ele deu fim a seus restos mortais distribuindo-os para as 12 tribos de Israel – tudo isso sem a condenação divina. Aparentemente, o homem ainda foi julgado justo, por impedir que seu hóspede fosse violado.
3 – Uma estranha prova de amor
David era um homem muito apaixonado pela filha de Saul e disse que ofereceria qualquer coisa pela mão da donzela. Saul, então, lança um desafio horripilante ao futuro genro: recolher o prepúcio de nada menos do que 100 homens, em uma só noite.
David, para provar que era realmente apaixonado, leva para Saul cerca de 200 prepúcios. Os pombinhos se casam e todos vivem felizes para sempre. Bem, menos os 200 homens mutilados por David. A passagem está relatada em 1 Samuel, 18:25-27.
4 – Um corte nada agradável
Outra passagem bizarra está em Êxodo 4:24-26, quando Deus tenta matar Moisés, pois seu filho não era circuncidado. Quando o Todo Poderoso estava prestes a destruir a vida do homem, sua esposa pegou rapidamente uma pedra e arrancou o pedaço "extra" do corpo do garoto (outch!), jogando a parte sangrenta aos pés de Moisés.
 5 – A morte da pobre figueira
Em Mateus 21:19 e Marcos 11:13-14, encontramos uma história estranha por dois motivos: vemos Jesus tendo um acesso de raiva (algo que não era comum no comportamento do Filho de Deus) e também um castigo no mínimo estranho.
Na passagem, Jesus está caminhando e sente um pouco de fome. Ele então encontra uma figueira estéril e ordena que, mesmo que não seja capaz de dar frutos, a árvore passe a entregar figos imediatamente.
Sem ter qualquer resposta da árvore, ele então amaldiçoa o arbusto até a morte, mesmo que ese fosse apenas um objeto inanimado.
6 – Deus prefere não mostrar seu rosto
Não, não estamos brincando. É só ler Êxodo 33:23 e você vai entender melhor a história. O versículo trata do encontro de Moisés com Deus: com o encontro marcado, o homem se posiciona em uma pedra ansioso para ver o ser divino, mas o Senhor simplesmente decide que nenhum ser na terra poderia ver seu rosto e sobreviver.
A solução? Mostrar seu traseiro para Moisés. Deus então deixa que Moisés veja suas mãos e a parte traseira de seu corpo celestial. A decepção deve ter sido grande na hora de relatar o ocorrido.
Para a equipe do Listverse, a moral da história é de que Deus às vezes trabalha de uma forma estranha para os padrões atuais.
7 – Animais falantes filosofando
Em Números 22:28-30, Balaão estava trabalhando em um dia comum, agindo com violência com seu jumento para que ele andasse. Cansado da situação, o animal começou a reclamar. Balaão então questionou a rebeldia do asno, que passou a filosofar algo sobre a natureza, seu relacionamento com humanos e sobre como aquilo feria seus sentimentos.
Balaão então fez as pazes com o animal e eles seguiram seu caminho como se nada tivesse acontecido. A moral da história talvez seja a de não procurar encrenca com animais falantes para evitar monólogos no meio do seu trabalho.
 8 – Genética é para os fracos
A história relatada em Gênesis 30:37-39 é tão estranha que poderia ser explicada apenas como mais um milagre divino, mas não é assim que ela é relatada. Basicamente, Laban estava tomando todos os animais listrados e malhados de Jacó, que não ficou muito contente com a situação e bolou um plano nada convencional: ele pegou algumas varas verdes e começa a fazer manchas nos animais, para que suas gerações nasçam com cores estranhas.
De acordo com a Biologia, o plano dele deveria falhar miseravelmente, mas não é isso o que acontece nessa passagem. Segundo a Bíblia, os animais começam a copular e, misteriosamente, passam a dar à luz animais pintados. Obviamente, ninguém nunca repetiu o feito.

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...