Demonologia

Demonologia é o estudo sistemático dos demônios. Quando envolve os estudo de textos bíblicos, é considerada um ramo da Teologia. Por geralmente se referir aos demônios descritos no Cristianismo, pode ser considerada um estudo de parte da hierarquia bíblica. Também não está diretamente relacionada ao culto aos demônios.

As mais extensas exposições sobre demonologia cristã são o Malleus Maleficarum, de Heinrich Kraemer, Demonolatria, de Nicolas Rémy, e Compendium Maleficarum, de Francesco Maria Guazzo.

A demonologia se refere a catálogos que tentam nomear e definir uma hierarquia de demônios e espíritos malignos. Nesse sentido, a demonologia pode ser vista como uma imagem em espelho ou um ramo da angeologia, que estuda os anjos.

Os grimórios de ocultismo são tomos que conteriam os feitiços dessa versão da demonologia, contendo instruções de como convocar demônios e (espera-se), submetê-los à vontade do conjurador, embora nem todos os ocultistas antigos ou modernos necessariamente conjurem demônios.


terça-feira, 5 de maio de 2015

livros antigos que prometiam poderes sobrenaturais

Nos tempos antigos, a popularidade de rituais de magia era algo comum, pois isso passou a ser amplamente utilizado para os mais diversos objetivos (mesmo sem fundamentos se eles funcionavam ou não).

De qualquer forma, o sobrenatural era algo que fascinava muita gente, que era atraída pela promessa de obtenção de poder e iluminação espiritual.

Com isso, vários livros foram escritos para essas finalidades, além de conter instruções de magias e rituais para outras atividades, como prever o futuro, curar problemas de saúde ou fazer mal a alguém. Confira abaixo oito desses livros antigos que prometiam poderes sobrenaturais, segundo o artigo de K. Fane do List Verse: Papiros gregos mágicos
Tidos como os mais antigos dessa lista (e talvez as instruções de magia mais antigas do mundo), os papiros gregos de magia datam do século II antes de Cristo. Neles, constam feitiços, rituais e até adivinhações.

Entre alguns feitiços curiosos que existem nos papiros estão instruções sobre como convocar um demônio sem cabeça, como abrir as portas para o submundo e como se proteger de animais selvagens. Além disso, eles ensinam ainda como atrair uma entidade sobrenatural que executa as suas ordens.

Porém, os assuntos que mais dominam nos papiros são os de rituais que oferecem visões do futuro, fornecendo instruções para a previsão de eventos em que devem ser utilizadas oferendas simples como incenso ou mais complexas como uma “criança pura e não corrompida”.

Mas, calma, a criança não era machucada ou morta. Na instrução contida nos papiros, ela deveria ser colocada em um transe profundo para depois observar as visões em labaredas de fogo. Outra magia famosa dos papiros é a Liturgia de Mithras, uma cerimônia para ascender através dos sete planos superiores de existência e se comunicar com a divindade Mithras (o deus do Sol na mitologia persa).  O livro da Franga Preta 




Falou em franga preta inevitavelmente a palavra “macumba” já vem à cabeça, não é mesmo? Porém, esse livro não ditava coisas desse naipe e nenhum tipo de sacrifício animal, concentrando-se no estudo de talismãs mágicos que deveriam proteger e capacitar as pessoas com energia.

Originário da França do século 18, o livro teria sido escrito por um oficial anônimo do exército de Napoleão, que afirmou ter recebido o conteúdo precioso de um misterioso mago enquanto estava na expedição no Egito.

Entre as instruções contidas no livro estão medidas detalhadas sobre como construir talismãs de aço bronzeado, seda e tinta especial. Além disso, também existe um feitiço específico para os apaixonados de plantão, em que instruções são dadas para a invocação de um “djinn”, uma entidade formada de fumaça e fogo que leva o verdadeiro amor à pessoa.

Para alcançar poderes maiores, o livro da galinha preta ensina ainda a produção de talismãs que podem fazer com que homens contem os seus segredos ou até que possam destruir alguém que está tramando contra você.
3 – Ars Almadel

Basicamente, o Ars Almadel era um livro que ensinava como se comunicar com os anjos e espantar os demônios. Este é o quarto livro da Chave Menor de Salomão, também conhecido como o Lemegeton, um grimório (coleção medieval de feitiços e rituais) do século 17 que contém descrições de demônios, como invocá-los e fazê-los obedecer.

Porém, o livro é focado mais em oferecer um modelo para a construção de um tablete mágico, o Almadel, de cera que lhe permite comunicar com os anjos. Ele ensina como convocá-los, explicando como se comunicar e fazer a conjuração. O livro também menciona quais são os doze príncipes que reinam com os anjos, além das datas e os aspectos astrológicos que são considerados mais convenientes para invocá-los.  Picatrix



Para quem curte mais astrologia, o Picatrix pode ser o livro mais indicado dessa lista. Ele é uma antiga coleção de magia astrológica, que foi originalmente escrito em árabe no século 11. São cerca de 400 páginas de teoria astrológica, além de também conter feitiços e encantamentos para “canalizar as energias ocultas de planetas e estrelas para alcançar o poder e iluminação”.

Mas as “receitinhas” de magia do Picatrix não são nada leves e este talvez seja o livro mais notório pelo teor pesado dos ingredientes de seus feitiços. As misturas terríveis e até mortais foram pensadas para induzir estados alterados de consciência e percepção, segundo o List Verse.

Para você ter uma ideia, os feitiços incluem sangue, excreções corporais e até massa encefálica misturados com grandes quantidades de haxixe, ópio e plantas psicoativas. Em uma das magias mais estranhas, que consiste em construir um espelho para dar poder sobre os mortos, a pessoa deve usar um tipo de fumo que contém sangue, esperma, saliva, cera de ouvido, lágrimas, fezes e urina. Somente para os fortes. Galdrabok



Essa coleção da Islândia do século 16 traz 47 feitiços compilados por vários mágicos. Entre algumas instruções contidas no Galdrabok estão aquelas para atrair e arranjar favores de homens poderosos, incitar o medo em seus inimigos e colocar alguém para dormir. Nada muito pesado.

Além dessas, o livro também ensinava a fazer remédios para proteger o praticante e curá-lo de doenças, incluindo condições simples como cansaço, dores de cabeça e insônia. Outros feitiços já eram mais peculiares, como o feitiço 46, que ensinava a lançar uma magia em seu inimigo para ele ficar explodindo de gases, talvez até pela vida inteira com fortes flatulências.

Outros feitiços já são mais sinistros. O último, o 47, por exemplo, ensina como desenhar na comida de alguém para deixar a pessoa doente e incapaz de comer por algum tempo. O número 30 dá instruções de como matar os animais de outras pessoas com magia.

Por outro lado, existem outros que ensinam a pegar ladrões ou mesmo impedir a sua casa de receber visitantes indesejados. Será que a superstição da vassoura atrás da porta vem dessa época.

Os super poderes encontrados nos humanos

O corpo humano é a maior obra da natureza. Sua capacidade de adaptação é esplêndida.  Nessa lista, você encontrará habilidades extraordinárias que a Ciência constatou nos seres humanos. Muitas dessas habilidades são frutos da genética, outras porém são resultado de um treinamento intensivo. Os “X-men’s” da realidade, confira:

20. Super-degustadores

Pessoas que experimentam sabores com maior intensidade do que o resto da população são chamadas de super-degustadores. Pesquisadores perceberam pessoas com habilidades de paladar diferentes quando Arthur Fox pediu que voluntários experimentassem o sabor de uma substância chamada de PTC, ou C7H8N2. Algumas sentiam um sabor extremamente amargo e outras não.

Isso depende de um fator genético que faz variar a quantidade de papilas gustativas fungiformes na língua, ou seja, em formato de cogumelo. Uma em cada quatro pessoas pode sentir o extremo amargo do PTC e estas pessoas são super-degustadoras.É comum para super-degustadores não gostarem de certos alimentos, especialmente os amargas como couve de bruxelas, repolho, café e suco de toranja . Pessoas asiáticas, africanas e as mulheres têm maior probabilidade de serem super-degustadoras.

19. Magnetismo

Liew Thow Lin, um empreiteiro de 70 anos, aposentou-se em Portugal, ele foi noticia por puxar um carro de vinte metros ao longo de uma superfície plana por meio de uma corrente de ferro ligado a uma chapa de ferro em sua barriga. Ele diz que descobriu que tinha a incrível capacidade de fazer objetos de metal grudarem em sua pele, depois de ler um artigo sobre uma família de Taiwan que possuíam esse poder, ele diz que colocou varios objetos de ferro em seu abdômen, e para sua surpresa, todos os objetos, ficaram presos em sua pele e não cairam. Esse dom também está presente em três de seus filhos e dois netos, ele supõe que seja hereditário.

18. Digestão avançada

Michel Lotito (nascido em 1950) é um artista francês, famoso como o consumidor de coisas indigestas, e é conhecido como Monsieur Mangetout (Senhor Come-tudo). Os desempenhos de Lotito são o consumo do metal, vidro, borracha e assim por diante, nos artigos tais como bicicletas, televisões, um Cessna 150, e os artigos menores que são desmontados, cortados e engolidos. O avião levou aproximadamente dois anos para ser comido “de 1978 a 1980. Ele começou a comer material incomum quando criança e tem executado publicamente isso desde 1966. Lotito não sofre frequentemente dos efeitos negativos devido à sua dieta, mesmo após o consumo de materiais considerados geralmente venenosos. Ao consumir consome em torno de um quilograma do material diário, precedendo o com óleo mineral e bebendo quantidades consideráveis da água durante a “refeição”. Possui aparentemente um estômago e intestino com paredes de duas vezes a espessura do normal, e seus ácidos digestivos são raramente poderosos, permitindo que digira uma determinada parcela de suas refeições metálicas. O corpo dele simplesmente se adaptou a tal situação e agora ele é capaz de digerir tudo o que come.

17. Imunidade a Eletricidade

Levar um choque ao mexer em tomadas e fios causa uma sensação muito ruim. Isso quando não causa, além disso, prejuízo – ou até a morte. Mas ignore a frase acima caso você seja Rajmohan Nair, o indiano apelidado de “Electro Man”.

Como você provavelmente não é Rajmohan, continuaremos contando a história dele. O indiano apareceu no canal de TV History Channel, em uma série chamada Os super-humanos de Stan Lee. Stan Lee, no caso, é o famoso escritor de histórias de super-heróis, entre elas X-Men, Homem-Aranha, Homem de Ferro, Hulk e Quarteto Fantástico. Eles estavam procurando heróis da vida real e encontraram Rajmohan. O que faz o cara diferente de todo mundo? Ele pode levar choques elétricos numa boa, que não sente nada. Segundo o apresentador do programa, Daniel Smith, Rajmohan é aproximadamente dez vezes mais resistente à eletricidade do que um ser humano comum. Levando isso em conta, crianças, não tentem isso em casa. A não ser que você seja Rajmohan Nair, o “Electro Man”.

16. Super Regeneração

regeneracao_musculo

Vittorio Messori é um conhecidíssimo escritor italiano, jornalista e historiador famoso que publicou em 1998 um estudo sobre um fato acontecido em Calanda em 1640. Calanda é um vilarejo de Zaragoza, na Espanha, sem nenhuma significação social.

Foi documentado um caso extraordinário em Calanda 1640, talvez único em toda História: um camponês, que teve uma perna amputada recuperou a mesma da noite para o dia  miraculosamente depois de mais de dois anos. Este acontecimento extraordinário, até então sobrenatural, foi estudado exaustivamente, com todo o rigor científico, por Messori no seu livro “O grande milagre”.

Entre as dez e onze da noite do dia 29 de março de 1640, enquanto Miguel Juan Pellicer (camponês de 23 anos), dormia em sua casa foi-lhe reconstruída  – repentina e definitivamente – a sua perna direita. A perna, feita em pedaços pela roda de um carro e posteriormente gangrenada, foi-lhe amputada no fim de outubro de 1637 (2 anos e 5 meses antes da impressionante “restituição”), no hospital público de Zaragoza. Dois fatos levam a crer que a vítima era portadora de uma avança regeneração celular: o primeiro foi que a perna enterrada não poderia ser a sua nova perna que, segundo diz o povo, foi reimplantada por uma santa,  mesmo após estar despedaçada e enterrada por dois anos e cinco meses e o segundo, foi a recuperação completa, horas após, como se a perna nunca tivesse sido amputada. O médico da época relata que o  fazendeiro não apresentava cicatrizes no corpo, embora trabalhasse na lavoura e com equipamentos cortantes. Outro fato interessante é que o mesmo reclamava de dores constantes na perna, um formigamento, que fazia a perna esquentar. Na noite do ocorrido, ao acordar com nova perna, o fazendeiro notou uma especie de mucosa sobre a pele que constituia esse pedaço da perna . Vittori acredita na hipotese da Santa e o milagre, contudo durante o periodo em que investigou para escrever o seu livro, teve uma discussão com cientistas, que apresentaram uma suposição do que poderia ter ocorrido: já foi detectado, embora raramente e em pequena escala no organismo humano, uma reação semelhante a regeneração da salamandra, onde uma proteína chamada nAG é secretada por células nervosas e da pele,  iniciando a produção de uma massa de células imaturas, o blastema, que regenera a parte perdida. O tempo de regeneração das salamandras varia com o dano. Nos humanos portadores dessa habilidade em menor intensidade também foi detectado um período para iniciar a atividade regerativa, porém nunca alcançaram o patamar de recuperar uma perna, no máximo, uma falange do dedo. Entretanto, o fazendeiro parecia possuir o incrível poder da super regeneração e por algum motivo atingiu o ápice aquela noite, levando o organismo a produção em massa de uma proteína que tem função semelhante a nAG. O acontecimento até hoje é tido como milagre da Nossa Senhora do Pilar.

15. Ecolocalização

Ben Underwoodtaught é cego, ambos os olhos foram removidos (câncer), quando ele tinha 3 anos. No entanto, ele joga basquete, passeia de bicicleta, e vive uma vida normal. Ele aprendeu sozinho a usar a ecolocalização para navegar ao redor do mundo. Sem cães-guia, ele nem sequer precisa de mãos, ele usa som. Ele faz um estalo com a ponta da língua. Surpreendentemente, suas orelhas pegam os ecos, para que ele saiba onde os objetos estão. Ele é a única pessoa no mundo que consegue usar de forma semelhante a um golfinho.

14. Audição absoluta

Pessoas com esta habilidade são capazes de identificar e reproduzir um tom sem a necessidade de uma referência anterior. Não se trata exatamente de uma audição melhor, mas sim da habilidade de classificar mentalmente sons em categorias, na memória.

Exemplos de pessoas com audição absoluta são aquelas que ouvem sons do dia-a-dia como buzinas, sirenes, motores, etc. e são capazes de dizer exatamente a nota de cada um; ser capaz de cantar uma nota específica sem ouvir uma referência; dar nome às notas de um acorde, ou identificar a nota principal de uma música. Isto é um ato cognitivo: requer a memorização da freqüência de cada nota e ser capaz de nomeá-la (por exemplo: Si-bemol, dó, lá…).

Ainda não se sabe se a audição absoluta é genética ou aprendida durante a vida. Mas é se sabe que cerca de 3% da população geral possui esta habilidade. Nos EUA e na Europa 8% dos músicos semi-profissionais ou profissionais possuem audição absoluta enquanto 70% dos músicos japoneses possuem esta capacidade. A razão parece estar ligada ao fato do japonês ser um idioma de freqüência alta. O mesmo ocorre com pessoas de idiomas tonais (que possuem palavras que, mesmo que tenham mesma fonética, possuem significados diferentes de acordo com o tom da pronúncia) como o chinês, cantonês e vietnamita. É como se, em português a palavra “sapato” e “sapatô”, pronunciada apenas com sílabas tônicas diferentes, significasse o nome de objetos totalmente distintos.

13. Super-Memória

Tammet detém o recorde europeu de memorização de 22.514 dígitos em pouco mais de cinco horas. Ele também fala várias línguas, incluindo Inglês, francês, finlandês, alemão, espanhol, lituano, romeno, estoniano, islandês, galês e esperanto. Ele gosta particularmente da Estónia, porque ele é rico em vogais.

Tammet é capaz de aprender novas línguas muito rapidamente. Para provar isso para o documentário do Channel Five, Tammet foi desafiado a aprender islandês em uma semana. Sete dias depois, ele apareceu na televisão islandesa conversando em islandês com o seu instrutor de língua islandesa. O espanto do instrutor foi tanto que  declarou que Tammet  ”não era humano”.

Mas existe um caso ainda mais espantoso. Uma californiana de 41 anos tem, reconhecidamente, a melhor memória do mundo. A mulher, que é conhecida apenas como “AJ”, lembra-se de quase todos os dias de sua vida, a partir dos 11 anos de idade. Segundo ela, sua memória passa como um filme, “ininterrupta e incontrolável”. Ela, por exemplo, lembra claramente do que ocorreu no episódio de “Murphy Brown” em 28 de março de 1988. Além disso, ela recorda-se de fatos mundiais, idas ao mercado, temperatura e outras tantas informações que pessoas comuns não conseguem recordar.

A capacidade AJ é tão difícil de explicar que James McGaugh, Elizabeth Parker e Larry Cahill, neurocientistas da Universidade da Califórnia em Irvine, que a estudam já há sete anos, tiveram de batizar sua anomalia de síndrome hipertimésica.

12. Quimerismo genético


Na Ilíada, Homero descreve uma criatura com partes do corpo de diferentes animais, uma quimera, a partir deste monstro mitológico vem o nome do equivalente genético – Quimerismo. Quimerismo genético, ou tetragametism, nos seres humanos, e em outros animais, acontece quando dois óvulos fertilizados se fundem, ou embriões, no início da gravidez. Cada zigoto carrega uma cópia do DNA de seus pais e, assim, um perfil genético distinto. Quando estes se fundem, cada população de células mantém seu caráter genético e o embrião resultante torna-se uma mistura de ambos. Essencialmente, uma quimera humana é o seu próprio gêmeo.

Quimerismo em humanos é muito raro. A Ciência conhece apenas 40 casos comunicados . Testes de DNA são frequentemente usados para determinar se uma pessoa é biologicamente relacionado a seus pais ou filhos e pode detectar os casos de quimerismo quando os resultados de DNA mostram que as crianças não são biologicamente relacionado a suas mães – porque a criança herdou um perfil de DNA diferente do mostrado por um exame de sangue. Foi o que aconteceu no caso de Lydia Fairchild: testes de DNA em si mesma e seus filhos levaram o estado a pensar que ela não era realmente sua mãe.

Pessoas nascidas com quimerismo tipicamente possuem um sistema imunológico diferenciado, que os tornam tolerantes a ambas populações geneticamente distintas de células no seu corpo. Isto significa que uma quimera tem a sua disposição um número muito maior de pessoas para escolher caso precisem de um transplante de órgão. Ela é praticamente compatível com qualquer outro organismo.

11. Sinestesia


Estas é uma formas da uma condição neurológica chamada de sinestesia. Sinestesia é quando um estímulo de um caminho neurológico cognitivo ou sensorial leva a uma resposta em outra via cognitiva ou sensorial. A sinestesia costuma ter causa genética.

Outras formas de sinestesia incluem:

    A sua forma mais comum se manifesta transformando grafemas (letras, números e outros símbolos) em cores;
    Outros podem sentir uma sinestesia de seqüência especial, como datas tendo locais específicos no espaço;
    Personificação ordinal lingüística faz com que números possuam “personalidades”;
    Ou sinestesia de som para cor, em que acordes são percebidos como cores. Alguns sinestésicos manifestam que podem sentir a música com as mãos e podem explicar verbalmente a cor de um acorde, por exemplo.

A sua forma mais comum se manifesta transformando grafemas (letras, números e outros símbolos) em cores;
Outros podem sentir uma sinestesia de seqüência especial, como datas tendo locais específicos no espaço;

Personificação ordinal lingüística faz com que números possuam “personalidades”;

Ou sinestesia de som para cor, em que acordes são percebidos como cores. Alguns sinestésicos manifestam que podem sentir a música com as mãos e podem explicar verbalmente a cor de um acorde, por exemplo.

A diferença entre uma pessoa portadora de Sinestesia e uma normal, é que os estimulos do ambiente em uma pessoa normal é interpretado individualmente no cérebro , já a portadora dessa condição interpreta o estimulo com uma associação dos sentidos, como se agissem em conjunto e por isso que alguns cientista defendem que sinestesia é uma forma de percepção avançadíssima.

Apesar de a sinestesia ser uma condição neurológica não deve ser considerada uma doença, pois não costuma interferir na habilidade funcional das pessoas. A maioria dos sinestésicos sequer sabe que suas experiências levam a mais respostas sensoriais do que em outras.

Aqueles que são sinestésicos raramente consideram a condição como tendo um impacto negativo em suas vidas.
Estudos mostrando o percentual de sinestésicos no mundo variam muito, alguns dizem que uma a cada vinte pessoas possuem a condição outros dizem que é uma a cada 20 mil. Estudos entre 2005 e 2006, usando amostras aleatórias da população, sugeriram que uma a cada 23 mil pessoas são sinestésicas.

Daniel Tammet é um sinestésico incomum pois além de ver números com formas, consegue usar sua sinestesia para fazer incríveis cálculos mentais. Cada número até 10 mil tem, em sua mente, um formato específico. Ele pode sentir os números e vê-los com cores e formas. Ele enxerga números maiores como se fossem paisagens.

Os cálculos que ele faz não são conscientes, ele diz que as respostas surgem para ele espontaneamente através das imagens mentais dos números que aparecem em sua mente. Ele pratica matemática, mas nem sequer “sabe” disso.
Ele participou de diversos experimentos científicos para provar suas habilidades. Em um deles os cientistas o conectaram a uma máquina similar ao detetor de mentiras e exibiram o número pi com milhares de casas decinais para ele. Alguns dígitos haviam sido deliberadamente adulterados pelos cientistas. Daniel mostrou severas reações nervosas a estas alterações. Consternado ele disse “Eu estava vendo uma linda paisagem, [o número pi], e repentinamente uma montanha que costumava estar ali não estava mais. Como pode fazer isso com algo tão lindo?”.
Sinestesia pode ser adaptada e alguns sinestesicos consegue identificar padrões complexos matemáticos, escondido em formas geometricas e codigos em linguagens criptografadas com apenas um olhar. No meio cientifico, existem linhas que defendem que a sinestesia será parte do ser humano no próximo passo da nossa evolução.

10. Calculadoras Mentais

O grupo mais extraordinário de pessoas vocacionadas para executar complexos cálculos mentais são aqueles que também são autistas savants . Embora existam muitas pessoas treinadas que podem trabalhar com um grande número de multiplicações (entre outros cálculos) em sua cabeça de forma extremamente rápida – em sua maioria matemáticos, escritores e linguistas – a habilidade de autistas savants inexperientes são as mais interessantes. A maioria destas pessoas nascem com a Síndrome de Savant (apenas uma estimativa de 50% das pessoas com savantismo também são autistas), que ainda é pouco compreendida pela Ciência e raramente se desenvolve depois de adulto ( em alguns casos, essa Síndrome se desenvolveu devido a um ferimento na cabeça do portador mas por favor, não martele sua cabecinha).

Há menos de 100 savants prodigiosos reconhecidos em todo o mundo e os sábios com autismo que são capazes de usar técnicas de cálculo mental, há ainda menos. Pesquisas recentes sugerem que o fluxo de sangue para a parte do cérebro responsável por cálculos matemáticos de seis a sete vezes a taxa normal é um dos fatores que permite esse tipo de calculo mental.

Exemplos de pessoas com habilidades extraordinárias cálculo incluir Daniel McCartney, Salo Finkelstein, e Alexander Aitken. Tammet Daniel é um dos poucos que também são autistas savants.

9.  Visão Extra Sensorial

Aos 53 anos, o turco Esref Argaman impressiona a comunidade médica e científica mundial com sua habilidade extraordinária: cego de nascença, ele pinta usando uma técnica considerada dificílima: a da perspectiva de três pontos.

– Eu nasci cego e não sei o que significam luz, cores e formas. Comecei usando pregos para desenhar, depois lápis de cor – contou ele.

– Gosto muito de pintar flores, peixes e pássaros. E nunca sei se o que desenhei ficou bonito ou feio até mostrar para alguém. E, quando gostam, eu sinto muita paz.

Ele disse que, quando começou a pintar, aos 6 anos, não tinha pretensões de virar um artista:

– Eu só queria entender melhor o ambiente onde vivo.

Argaman, que nunca estudou arte, tem sido comparado ao pintor renascentista Brunelleschio, que também usava a tal técnica.

– Deus me deu a habilidade de pensar e usar esses pensamentos através das mãos. Este é o jeito pelo qual eu conheço o mundo – disse.

Ele já passou por vários testes médicos e científicos e disse que, às vezes, sente-se cansado e preocupado. O pintor contou que não se considera um super-humano.

– Como não sei exatamente o que os médicos querem descobrir, meu medo é que eu esteja sendo usado como cobaia.

Mas se eu puder contribuir para a melhoria de vida dos deficientes físicos fico extremamente feliz – explicou.
De alguma forma, o pintor consegue captar as imagens que nunca viu e retratá-las com extrema perfeição.

8. Controle da Temperatura Corporal

homem-gelo.jpg

O holandês Wim Hof, de 48 anos, tem a impressionante habilidade de suportar temperaturas incrivelmente baixas, que poderiam ser fatais à maioria das pessoas.

Conhecido como “O Homem de Gelo”, Hof, tem desafiado os cientistas que continuam sem conseguir explicar como seu corpo não sofre nenhum dano ao ser exposto a temperaturas tão baixas.

Em Janeiro de 1999 ele viajou ao Pólo Norte, onde correu meia maratona vestindo apenas um short e descalço. Três anos depois, voltou ao local e entrou para o Guiness Book por nadar 80 metros sob o gelo, quase duas vezes o tamanho de uma piscina olímpica.Já em 2007, fez uma tentativa de escalar o Monte Everest só de shorts, mas não concluiu, tendo marcado uma nova investida em 2008.No começo desse ano ele quebrou seu próprio recorde ao permanecer imerso em água gelada por uma hora e doze minutos, em Nova York.

Hof começou a chamar a atenção pois não sofre ulcerações do frio e nem hipotermia, reações comuns do corpo humano quando exposto ao frio extremo.

Normalmente, quando uma pessoa é exposta à temperaturas congelantes por um período prolongado o corpo entra em “modo de sobrevivência”, com os líquidos começando a congelar.O fluxo sangüíneo para as extremidades é sacrificado para manter a circulação apenas para os órgãos necessários para sobrevivência.Em seguida, iniciam os efeitos da hipotermia e a morte pode chegar em alguns minutos.

Inexplicavelmente, não é isso o que acontece com o holandês.

7. Super Sistema Imunologico


Contaminada há pelo menos 10 anos com o vírus da AIDS pelo marido, essa mulher consegue de alguma maneira controlar naturalmente esse vírus mortal, enquanto seu marido precisa consumir coquetéis de medicamentos com sérios efeitos colaterais.

Ela é chamada de “supressora de elite”, e estudos das suas células imunológicas começaram a oferecer pistas sobre como seu corpo atua, segundo uma equipe da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore.

“Esta é a melhor prova até agora de que os supressores de elite podem ter vírus plenamente patogênicos (ativos)”, disse Joel Blankson, diretor do estudo. “A sensação inicial era de que eles tinham um vírus defeituoso”, acrescentou ele por telefone.

O casal é monogâmico há 17 anos e ambos têm a mesma cepa do vírus, segundo Blankson. A diferença está no sistema imunológico da mulher, cuja identidade é protegida. O homem, segundo os cientistas, é um ex-usuário de drogas injetáveis, razão da sua contaminação.

Para ele, “isso é um bom sinal em termos de desenvolver uma vacina terapêutica” — ou seja, usada no tratamento, não na prevenção.

Estudos publicados na Journal of Virology mostram que, nessa mulher, as chamadas células-T CD8, um tipo de célula imunológica, impediram a replicação do vírus em até 90 por cento, enquanto no marido dela as mesmas células só contiveram 30 por cento da replicação. Após detectar o vírus da AIDS, seu marido começou a adoecer aos poucos, enquanto ela não sofria com os sintomas. No inicio pensavam que o organismo dela está resistindo bravamente ao vírus mas 10 anos se passaram e ela continuava a mesma, saudavel e disposta, já o marido estava acabado por causa do virus e os coquiteis de controle. Enfim, os médicos decidiram investigar a história e descobriram que ela possui um super sistema imunologico. Hoje ela participa de pesquisas para achar a cura da AIDS.

Mas isso não é um caso isolado. Foi registrado que um homem tem um istema imunológico muito superior ao de um ser humano comum, aos ponto de todos os microorganismos patológicos ao ser humanos que foram textados nele não poderem causar problema algum a ele. Nada, nem bactérias , nem vírus … o organismo dele é imune a tudo. Os cientistas concluíram que esse homem, o qual o nome não foi revelado, era portador de um super sistema imunológico, capaz de impedir a ação de qualquer vírus ou bactéria conhecida. Assim como a mulher imune ao vírus da AIDS, o tal homem virou alvo de centro de pesquisas.

6. Visão Noturna

Um garoto deixou estupefata a comunidade médica chinesa: o pequeno, que nasceu com os olhos azuis, tem a faculdade de enxergar no escuro, assim como um gato. Nong Youhui, oriundo da cidade de Dahua, ao sul da China, padeceria de uma estranha doença chamada leukodermia.

Tudo começou com uma visita do pai do garoto ao médico dizendo que os olhos de seu filho brilhavam na escuridão como se fossem lanternas.

Depois de fazer alguns exames de rotina, os médicos descobriram que Nong Youhui pode ler sem dificuldade em completa escuridão e sem a ajuda de nenhuma luz. E mais, pode ver com tanta clareza como se fosse dia.
Estudiosos sobre o assunto afirmam que o menor nasceu com uma rara condição, que deixa seus olhos com menos proteção tornando os mais sensíveis à luz.

Por outro lado, o pai do garoto apelidado de “Cat-Boy” (menino gato) advertiu que há tempos atrás os médicos disseram que os olhos de seu filho deixariam de brilhar, para se converter em negros, como a maioria dos chineses. Mas isso nunca ocorreu.

5. Visão de Raio-X

Em Saransky, capital da Moldávia, uma das repúblicas mais pobres da antiga união soviética, eles a chama de o milagre. Natasha Deminka, hoje com mais de 20 anos, parece possuir a incrível habilidade de enxergar o interior do corpo humano. Ela tem ajudado pessoas que não conseguem tratamento e muitos acreditam que os diagnósticos que ela fez salvaram suas vidas.

Ela despertou a curiosidade do mundo inteiro e todos se perguntam a mesma coisa: o dom dela é verdadeiro? O que Natasha mais quer é que acreditem em si, por isso concordou a se submeter a exames realizados pelos cientistas mais respeitáveis e céticos do mundo. O Discovery Channel acompanhou o desafio e exibiu o documentário “A Menina com visão de raio-X”. No documentário, ela tinha 7 pessoas na sua frente para dizer qual seu problema médico. Se acertasse 5, os céticos estariam convencidos. Ela acertou 4 e alegou que o ambiente estava muito tenso.
Mas este resultado não afetou seu prestígio e seu apartamento continuou sendo uma espécie de consultório, onde muitas pessoas doentes iam buscar ajudar. Ela conta que uma mulher foi até sua casa, pois não conseguia engravidar, mesmo após nove anos de tentativas. Pouco tempo depois, após a intervenção da Natasha, a mulher conseguiu dar à luz a um menino.

4. Super Velocidade

Lu Dei, tem só seis anos de idade. Reside na localidade Chinesa de Guilin (região sul de Guangxi), e freqüenta uma escola de Kung-fu em Songshan, junto a muitas outras crianças. No entanto, sua supervelocidade chamou a atenção de seus professores. Segundo o presidente da instituição, os músculos de seu pequeno aluno são sumamente especiais: tanto, que lhe permitem fazer 30 flexões de braços em apenas 10 segundos, ou superar as 10.000 flexões em pouco menos de três horas e meia.

O pequeno e rápido Lu Dei vive com seu pai, e começou (vá se saber porquê) a fazer flexões aos quatro anos. Este pequeno arremedo do “Flash” sonha em ingressar no Guiness. Tendo em conta a velocidade que tem para se mover, seria muito raro que não o consiga.

3. Super Grito

Descobriram o Dragonborn! A Justiça chinesa sentenciou o pai de um menino de 4 anos a pagar uma indenização de US$ 230 a criadores de galinhas. A corte concluiu que um grito dado pelo garoto provocou a morte de 443 frangos em um vilarejo na província de Jiangsu, no leste da China.

O episódio ocorreu durante o verão, quando o pai da criança foi ao vilarejo vender gasolina. O menino se assustou com um cão latindo e gritou desesperado. O barulho deixou em pânico as galinhas criadas no local, que acabaram se pisoteando até a morte.

“Um vizinho contou à polícia que tinha ouvido o menino chorar naquela tarde e um outro morador confirmou os gritos do garoto”, divulgou o jornal local Nanjing Morning Post. A Justiça determinou que o grito do menino foi “o único som anormal inesperado” ocorrido e que os frangos se pisotearam até a morte por medo desse barulho.

O Grito do garoto foi investigado e foi diagnosticado que o menino emite frequencias sonoras elevadíssimas, capaz de atordoar animais e deixá-los descontrolados e o mesmo só não acontece com os humanos porque nossa capacidade auditiva não permite escutar essa faixa (os pais deles agradecem). Imagino esse “chinesinho” no zoológico.

2. Super Força

Mais um candidato a integrar o clube “X-Men da China” é Jin Linlin, um garoto de quatro anos e 20 quilos de peso. Não há nada especial no aspecto físico de Jin, mas a sua pequena idade é capaz de levantar e transportar pesos de até 50 quilos com facilidade. Este pequeno “Superman” vive no povoado de Shangqiu, na província central chinesa de Henan. Suas fantásticas habilidades, segundo contam seus familiares, se manifestou no dia que estava visitando a casa de seus tios, pegou 12 tijolos e os levantou como se fosse nada.

Os amáveis tios de Linlin foram lhe dando cada vez mais peso, para ver o quanto era capaz de resistir. Longe de morrer esmagado, o garoto levantou duas vezes e meia o seu próprio peso, 50 quilogramas. A notícia no Daily Mail não conta que sinal viram seus tios para decidir parar com a prova. O pai do menino assegura que seu filho “come o mesmo que todos os meninos de sua idade, só um pouquinho mais que o normal.” Os pediatras dizem que os garotos de sua idade podem levantar no máximo cinco quilos. O moleque já foi mais longe. Para testar seus limites, o garotinho foi submetido a um teste controlado (para evitar que ele fosse esmagado). Ele conseguiu levantar 100kg….com quatro anos de idade. Se um garoto da idade dele consegue levantar 5Kg e ele levanta 100kg, isso significa que o Hercules Jr. consegue a proeza de levantar 20 vezes mais peso que uma criança normal.

1. Células Imortais

Há somente um caso conhecido de uma pessoa que tenha células imortais (células que podem se dividir indefinidamente fora do corpo humano, desafiando o limite de Hayflick) e que é de uma mulher chamada Henrietta Lacks. Em 1951, 31 anos, Henrietta Lacks foi diagnosticada com câncer cervical, que morreu dentro de um ano. Desconhecido para ela e sua família (ou seja, sem o consentimento) um cirurgião tomou uma amostra de tecido do seu tumor, que foi transferida para um Dr. George Gey. Um cientista da Universidade John Hopkins Laboratório de Cultura de Tecidos, Gey propagada amostra Lacks e obteve um tecido com uma linhagem de células imortais – a linhagem de células HeLa (foto acima). As células do tumor de Lacks tinha uma versão ativa da enzima telomerase e se proliferam rapidamente de forma anormal. No dia da morte de Henrietta Lacks, o Dr. Gey anunciou ao mundo que uma nova era na investigação médica havia começado – aquela que poderia proporcionar a cura do câncer.
As células de HeLa foram utilizados em 1954 por Jonas Salk para desenvolver a cura para a poliomielite. Desde então, elas foram utilizadas na pesquisa de câncer, AIDS, e para os efeitos da radiação e substâncias tóxicas, além de servir no mapeamento de genes, dentre outras coisas.

Hoje, as células HeLa são tão comuns em laboratórios que contaminam muitas culturas de células. Há mais células de HeLa vivas hoje do que quando a própria dona estava viva – eles compensam sua massa física, muitas vezes. Tragicamente, ela nunca foi informada da valiosa contribuição que suas células fizeram a ciência e mesmo sua família não foi informada até muitos anos depois que suas células estavam sendo usados para fins de investigação (a decisão judicial de 1990 verificou mais tarde o hospital como o proprietário de seus tecidos e células recolhidos).

Os “poderes da mente” existem?

Os chamados “poderes da mente” não existem. É o que mais de um século de investigações demonstram: de seus primórdios no século 19 associados ao espiritualismo e a metapsíquica, até sua versão moderna reconhecida mesmo pela AAAS, a prestigiada Associação Americana para o Avanço da Ciência que publicada nada menos que o periódico “Science”, a parapsicologia falhou em demonstrar inequivocamente que seu próprio objeto de estudo de fato exista.

Durante todo este tempo, os verdadeiros e já mais do que fabulosos poderes da mente, como o intelecto e a criatividade, descobriram, comprovaram, compreenderam e exploraram um sem número de fenômenos que a nossos antepassados pareceriam mágicos. É assim que com sensores eletromagnéticos podemos perscrutar a atividade cerebral e, através de ondas de rádio, transmiti-la a grande distância, concretizando a mágica “telepatia”. É assim que a mesma companhia de brinquedos que criou a boneca Barbie anuncia para breve um jogo em que crianças poderão manipular objetos com a “força da mente”, em uma espécie de telecinese tecnológica. E real. E é assim que podemos prever com enorme precisão todos os eclipses solares que ocorrerão nos próximos milênios. É a precognição que a ciência pode demonstrar prontamente.

Apologistas do paranormal que reconheçam a falta de resultados práticos em sua área podem argumentar que eles não são nulos. Haveria indicações, mesmo evidências, de fenômenos ou anomalias tênues. Alguns poderiam ser mesmo reproduzidos. Mais pesquisas, com maior controle, poderiam demonstrá-los de forma mais clara. Os “poderes da mente”, aqueles aparentemente mágicos, seriam concretos. Apenas fugazes, imprevisíveis e assim talvez por definição elusivos. Só seriam reconhecidos como anomalias estatísticas em uma grande série de experimentos.

Muito bem. A força da gravidade também é uma força tênue. A influência gravitacional do gigantesco Júpiter é menor do que a de uma pessoa a seu lado. Pular de um prédio demonstra ainda assim que mesmo forças tênues podem produzir efeitos muito claros e consistentes. E é nisto que a parapsicologia sem dúvida falhou em mais de um século de busca.

Quando algum “psíquico” ou “vidente” alega ser capaz de prever o futuro, a pergunta popular de por que não aposta – e ganha – na loteria é mais do que apropriada. Aqui também, o desafio paranormal do cético norte-americano James Randi é mais do que relevante. Qualquer um que diga poder dobrar talheres com a força da mente pode demonstrá-lo e ganhar 1 milhão de dólares de Randi. O desafio não se aplica apenas a dobrar talheres, claro, e sim a todo tipo de feito paranormal. Nenhum dos mais famosos paranormais do mundo jamais sequer tentou. Ninguém jamais passou nos testes preliminares do desafio de Randi.

Um ou mesmo dois séculos de esforços não devem produzir respostas definitivas, é bem verdade. Somos humanos e é possível que o paranormal exija um esforço de muitos séculos até ser reconhecido inequivocamente. Por outro lado, se tais poderes não existem, uma eternidade de pesquisas continuará falhando em demonstrá-los.

Jamais poderemos provar a negativa, isto é, que o paranormal simplesmente não existe. Mas cada ano que passa sem que ele seja provado é mais um ano a demonstrar que não é nada insensato presumir que tais tipos de “poderes da mente” simplesmente não existem.bom acho que no meu ponto de vista eles esperavam um jedi ou algo parecido pobre seres humanos não sabem de nada do mundo sobrenatural.

Descubra se você tem poderes paranormais

Você acha que possui poderes sobrenaturais ou um sexto sentido? Que tal descobrir se você realmente possui essa capacidade sensitiva? Quem nunca sentiu algum tipo de premonição que, coincidentemente, veio a acontecer? Se você faz parte desse grupo, esse teste é para você!

O teste consiste de perguntas de múltipla escolha. Faça de preferência sozinho, sem música ou qualquer outro barulho.

Pronto? Prepare sua mente e descubra se você é um paranormal:
1.

Você já teve a sensação de que esteve em um determinado lugar, embora nunca tenha estado realmente ali ?

a) Nunca tive esta sensação.

b) Já tive raras vezes esta sensação.

c) Tenho frequentemente esta sensação.
2.

Você já pensou em uma pessoa e minutos depois a encontrou?

a) Não, nunca isto me aconteceu.

b) Sim, pelo menos uma vez.

c) Sim, já me ocorreu várias vezes.
3.

Quando vocês diz que algo vai acontecer, isso realmente acontece?

a) Nunca ou raramente.

b)  Às vezes sim.

c) Frequentemente sim.
4.

Você tende a perceber a personalidade de uma pessoa apenas ao observá-la?

a) Nunca ou raramente.

b) Sim, já aconteceu.

c) Sempre faço isso.
5.

Você já sonhou com alguma situação que veio a acontecer?

a) Nunca.

b) Não lembro.

c) Sim, algumas vezes.
6.

Você já teve a sensação de que havia algo de errado em determinada situação e depois descobriu que era verdade?

a) Não, nunca tive essa sensação.

b) Já tive essa sensação.

c) Costumo pressentir quando algo não está bem.
7.

Você acredita no poder da mente para a realização de desejos?

a) Não, acho bobagem.

b) Sim, acredito que é possível.

c) Acredito profundamente no poder da mente e já tive provas disso.



Vamos ao resultado:

Respostas predominantemente letra A: você é um cético por natureza, não costuma acreditar em sexto sentido e tem pouca sensibilidade para perceber o não dito. Você não pode ser considerado um paranormal. Apesar de já ter vivenciado casos sobrenaturais, prefere acreditar que nada passou de pura coincidência.

Respostas predominantemente letra B: você é quase um paranormal, mas precisa ainda exercitar melhor sua percepção. Sua sensibilidade e sexto sentidos são aguçados e é bem provável que você consiga perceber muitas coisas ao seu redor, mesmo que elas não tenham sido concretizadas ou reveladas.

Respostas predominantemente letra C: você é um paranormal em desenvolvimento. Possui forte sexto sentido, gosta de observar as pessoas e sua sensibilidade é sobrenatural. Sua habilidade corresponde a 5 % da população, o que faz de você uma raridade. Por isso, não tenha medo de explorar suas capacidades mentais e conhecer mais sobre o poder do pensamento.

Dons Sobrenaturais e Psíquicos

Algumas pessoas são diferentes elas possuem poderes (dons) sobrenaturais que ás outras não possuem.
Demônios ou feiticeiros concediam esses poderes para pessoas e seres humanos, todos esses poderes tem descendência oculta, magica ou demoníaca.
Esses poderes começam em pessoas que mechem ou se interresam por ocultismo ou bruxaria em famílias, esses poderes podem ''passar''  de pai para filho ou pular de uma a cinco gerações...

Alguns dos dons sobrenaturais mais sobressalentes são:


SENSITIVIDADE OU MEDIUNIDADE:  Essas pessoas são chamadas de sensitivas ou médiuns. Esse incrível dom permite a um humano ''ver através do véu'' ou seja vez demônios, anjos e espíritos entre outras criaturas como realmente são ou pelo menos com muito mais facilidade. 

BILOCAÇÃO: É a capacidade de estar em mais de um lugar ao mesmo tempo, como se fosse um tele porte mas só que espiritual, você pode ficar presente em vários lugares só que espiritualmente , ver pessoas e falar com elas mas não ás tocar e elas também não podem te ver, apenas avançados nesta área dizem que conseguem estar de corpo presente em mais de dois lugares...

TELEPATIA: Quem apresenta esse dom é chamado de telepata, esse dom permite transmissão ou comunicação de pensamentos e emoções a distância entre duas ou mais pessoas, esse dom em estágios avançados permite o felizardo ler os pensamentos, invadir mentes, ler pensamentos e descobrir fatos acontecidos.

PREMONIÇÃO : Sensação ou advertência do que vai acontecer, esse dom não mostra o futuro e nem oferece visões, na maioria dos casos  é só um pressentimento que pode evoluir para mini visões de 3 a 10 segundos.

TELECINÉSIA OU LEVITAÇÃO: As pessoas com esse poder são chamadas de telecinéticas. Esse dom da a capacidade a humanos de mover, girar, levitar, puxar, lançar, controlar e destruir objetos tudo com a força psíquica.


TELEPERCEPÇÃO:  É a capacidade de saber noticias sobre pessoas ou lugares distantes quando acontecem. Esse dom se perdeu na história, não a mais relatos dele deis da época de Frei Galvão. 

PSICOMETRIA: A quem possui esse dom tem a habilidade de em extrair o conteúdo de algum objeto ou evento impressos fora de nossa realidade física ou seja conseguem adquirir informações sobre algo somente tocando, cheirando ou vendo eles, pode-se saber quase todo o passado e o presente do objeto, cheiro ou fotografia.

VISÃO REMOTA: A visão remota permitiria a um observador usar alguma capacidade paranormalpara reunir informações de um determinado local, um objeto, lugar, pessoa, etc., que estaria longe da visão física do observador, preferencialmente separado do observador por uma grande distância.

CLARICIÊNCIA:  Capacidade de ver o passado das pessoas, animais, lugares e objetos inanimados através do contato físico, as visões ocorrem como uma experiência fora do corpo, como uma memória superficial ou uma visão na forma astral.

CLARIVIDENCIA OU VIDENCIA: É a capacidade de ver o futuro ou ter visões que as vezes podem ou não ser quando você quer, você tem as visões por vários motivos por estar nervoso, quando está relaxado, nervoso e até quando está dormindo sempre é claro vendo o futuro de pessoas a sua volta, alguns clarividentes poderosos também tem a capacidade de ter visões sobre fatos que ocorreram em qualquer parte do mundo.

EMPATIA (EMPATICOS): É o dom de ler ou sentir os sentimentos e emoções. Esta habilidade também permite ampliar ou reduzir emoções já existentes em seres vivos. Ela afeta qualquer tipo de emoção, como raiva, ódio, amor, confiança, etc. Pode também ser usado para acalmar seres vivos, ou deixá-los apáticos.

PIROCINESE: É o poder de controlar e criar fogo. Além disso com concentração a pessoa adquire o poder de não se queimar, controlar e criar incêndios e é claro manipular fogo(Esse poder não é comprovado, seria um derivado da telecinesia)

HIDROCINESE: É o dom de controlar a água. Além disso com ela conseguiria com a facilidade andar pela água e não se afogar. (Esse poder não é comprovado, seria um derivado da telecinesia )

GEOCINESE:  É a capacidade de controlar a terra. Mover, lançar pedras e rochas, provocas terremotos e tsunamis. Destruir tudo oque for de pedras, terra ou minérios. (Esse poder não é comprovado, seria um derivado da telecinesia)

ONEIROCINESE : É o poder de controlar os próprios sonhos e fazer oque quiser neles e é claro invadir os sonhos das outras pessoas, lá você pode fazer oque quiser mas é claro o dono do sonho é mais poderoso que você. Esse dom psíquico é raríssimo, Oneirocineticos poderosos podem fazer com que tudo oque acontece nos sonhos acontecem na vida real, como machucados ou até a morte.

ELETROCINESE: É o dom de controlar e domar eletricidade. Esse poder lhe permitiria ficar ileso de descargas elétricas, e futuramente lançar ou passas descargas para outras pessoas ou objetos, quando elétrocineticos  passam por fortes emoções como ódio, raiva, medo entre outros, eles podem afetar luzes, rede elétrica e acabar com a eletricidade da casa ou cidade.

POSSEÇÃO: Habilidade de tomar o controle do corpo de outra pessoa via projeção astral ou transferência de mente. Está habilidade é muito rara e associada a demônios principalmente.

PERSUASÃO:  É a capacidade de convencer qualquer pessoa a fazer ou acreditar em algo, até mesmo fazer algo ás pessoas ficam como escravos.

DOMONOTECNIA:  É a capacidade de controlar demônios poderosíssimos.

EXORCISTA: A capacidade de retirar demônios de pessoas sem mesmo recitar um exorcismo, somente pondo a mão sobre ela sem mesmo ser padre ou pessoa ordenada.

OMMINIPOTENCIA ISOLADA: É a capacidade de matar somente com um toque, não a qualquer momentos, isso acontece quando a emoções fortes como ódio, raiva, amor, tensão, nervosismo e etc.
Esse dom raríssimo mas ás pessoas com essa incrível habilidade se acostumam conseguem controlar.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Os ministros do Mal

Os Principais Anjos do Mal
Adramelech - demônio sumeriano.
Ahpuch - demônio maia.
Ahriman - demônio mazdeano.
Amon - Deus egípcio da vida e reprodução, com cabeça de carneiro.
Apollyon - sinônimo grego para Satan, o arquidêmonio.
Asmodeus - demônio hebreu da sensualidade e luxuria, originalmente "criatura do julgamento".
Astaroth - deusa fenícia da lascívia, equivalente da Ishtar babilônica.
Azazel - (hebreu) instruiu os homens a criarem armas de guerra, introduziu os cosméticos.
Baalberith - senhor canaanita da Convenção, que se tornou mais tarde um demônio.
Balaam - demônio grego da avareza e cobiça.
Baphomet - adorado pelos Templários como símbolo de Satan.
Bast - deusa egípcia do prazer representada pelo gato.
Beelzebuth - (hebreu) senhor das moscas, tomada do simbolismo do escaravelho.
Behemoth - personificação hebraica de Satan na forma de um elefante.
Beherit - nome sírio para Satan.
Bile - deus celta do inferno.
Chemosh - deus nacional de Moabites, mais tarde um demônio.
Cimeries - monta um cavalo negro e rege a África.
Coyote - demônio do índio americano.
Dagon - demônio filisteu vingativo do mar.
Damballa - deusa serpente do Vodu.
Demogorgon - nome grego para demonio, diz-se que não seria conhecido pelos mortais .
Diabolus - (grego) "fluindo para baixo".
Dracula - nome romeno para demônio.
Emma-  O - regente japonês do inferno.
Euronymous - príncipe grego da morte.
Fenriz - filho de Loki, descrito como um lobo.
Gorgo - diminutivo de Demogorgon, nome grego para demônio.
 A pirâmide com o olho-que-tudo-vê, é um símbolo illuminati, esse símbolo é real e não se trata de fruto da imaginação. O símbolo é tão real e antigo, que vocês mesmos poderão vê-lo na nota de 1 dólar. O símbolo está lá
isso porque a interferencia de Anjos e Demonios Uma pirâmide cujo cume (a elite) é esclarecida pelo olho da   consciência que o vê tudo e domina uma base cega, feita de tijolos  
idênticos (a população).
As duas menções em latim são muito significativas. “NOVUS ORDO SECLORUM” no qual significa, “nova ordem para os séculos dos séculos”. Em outros términos: novo ordem mundial. E “ANNUIT CCEPTIS” significa : “nosso projeto será coroado de sucesso .
*Franklin Roosevelt em 1933 ordenou que se introduzisse esse símbolo nas notas de 1 dólar.
*Roosevelt foi presidente dos EUA, um dos 13 presidentes que possivelmente seriam Maçons
Sabemos que a Interferencia divina para tal Fatos da Historias.




Haborym - sinônimo grego para Satan.
Hecate - deusa grega do mundo subterrâneo e feitiçaria.
Ishtar - deusa babilônica da fertilidade.
Kali - (hindu) filha de Shiva, alta sacerdotisa de Thuggees.
Lilith - demonio feminino hebraico, primeira mulher de Adão que lhe ensinou as cordas.
Loki - demônio teutônico.
Mammon - deus aramaico da riqueza e do lucro.
Mania - deusa etrusca do inferno.
Mantus - deus etrusco do inferno.
Marduk - deus da cidade de Babilônia.
Mastema - sinônimo hebreu para Satan.
Melek Taus - demônio yesidi.
Mephistopheles - (grego) quem evita luz, Faustus.
Metzli - deusa astecas da noite.
Mictian - deus astecas da morte.
Midgard - filho de Loki, descrito como uma serpente.
Milcom - demônio amonita.
Moloch - demônio fenício e canaanita.
Mormo - (grego) rei dos Ghouls, consorte de Hecate.
Naamah - demônio feminino grego da sedução.
Nergal - deus babilônico do Hades.
Nihasa - demônio do índio americano.
Nija - deus polaco do mundo subterrâneo.
O-Yama - nome japonês para Satan.
Pan - deus grego da luxuria, depois relegado ao demonismo.
Pluto - deus grego do mundo subterrâneo.
Proserpine - rainha grega do mundo subterrâneo.
Pwcca - nome galês para Satan.
Rimmon - demônio sírio adorado em Damasco.
Sabazios - demonio frigio, identificado com Dyonisus, adorado como serpente.
Saitan - equivalente enoquiano de Satan.
Sammael - (hebreu) "Veneno de Deus".
Samnu - demônio da Ásia Central.
Sedit - demônio do índio americano.
Sekhmet - deusa egípcia da vingança.
Set - demonio egipcio.
Shaitan - nome arabe para Satan.
Shiva - o destruidor.
Supay - deus inca do mundo subterrâneo.
T'an-mo - contraparte chinesa para demônio, cobiça, desejo.
Tchort - nome russo para Satan, "Deus Negro".
Tezcatlipoca - nome astecas do inferno.
Thamuz - deus sumeriano que mais tarde foi relegado ao demonismo.
Thoth - deus egípcio da magia.
Tunrida - demônio feminino escandinavo.
Typhon - personificação grega de Satan.
Yaotzin - deus asteca do inferno.
Yen-lo-Wang - regente chinês do inferno. 

 a figura alada impressa nos primeiros dólares, mas em 1841 foi substituída pela águia, um símbolo solar egípcio.Acima dela estão 13 estrelas correspondentes aos 13 estados de então. Essas estrelas ,com as suas cinco pontas, são umsimbolo maçónico.Ela tem 9 plumas na cauda, correspondendo aos graus do ritual maçónio de York.As asas exibem respectivamente 32 e 33 penas, aludindo assim aos graus do rito Escocês.Na pata esquerda segura 13 flechas, indicando acção e transmutação.No bico ela segura um pergaminho no qual em latim se lê "et pluribus unum", uma alusão à necessidade de integrar e agrupar os membros das antigas colónias que agora constituiam uma só nação. Fazer todas as nações uma só.

Maçonaria explicada

A História da Maçonaria, remonta ao tempo do Rei Salomão. Como sabemos Salomão foi um homem muito sábio mas por conta de suas abominações com as mulheres de terras estranhas ele abandonou a Deus. Mas antes Deus lhe deu o entendimento de construções, então ele ordenou a construção de um magnífico Templo, conhecido como "O Templo de Salomão".

   O único, além de Salomão, que sabia decifrar as escrituras do Templo do Rei Salomão, era Hiram Abiff, este era Arquiteto e foi enviado por Hirão o Rei de Tiro, aliado do Rei Salomão. Hiram Abiff com um caráter e um grau de sabedoria bem elevado conquistou o Rei Salomão e o Rei deu a ele o conhecimento de decifrar os códigos para a construção do Templo que Salomão construiria para Deus.( 1 Reis cap 7:13)
   A Lenda de Hiram Abiff, se dá como tendo sido assassinado por três maus companheiros. Lenda é um relato fantasioso que parte de um fato verídico; Hiram o arquiteto existiu; a história dos Hebreus o refere; e ele foi assassinado por três construtores porque ele era o único que sabia decifrar as escrituras do templo de Salomão, as quais alguns tinham cobiça. Alguns autores dizem que a Lenda teria sido criada para dar sustento político à casa real dos Stuart.
   Os nomes dos três companheiros que assassinaram a Hiram Abiff seriam Jubela, Jubelo e Jubelum; que deram origem aos sinais (posturas) dos três primeiros Graus maçônicos, simbolizando o corte da garganta; a extração do coração e a dilaceração do ventre, forma como Hiram teria sido assassinado, dentro da Lenda de Hiran Abiff, conhecida como Lenda do Terceiro Grau.



   Nesta Lenda, surgem três "Assassinos", que feriram de morte o Mestre, através de golpes com instrumentos de trabalho, a régua, o esquadro e o maço. Todos os golpes contribuíram para essa morte e todos os produziram com excessivo dolo. Diz-se em maçonaria, "Assassino", aquele que "trai" os ideais maçônicos, pois "destrói" a vida espiritual.
   Logo após a construção do templo, Salomão despreza o concerto que fez com Deus, quando passa a buscar e adorar aos deuses de suas mulheres, assim Deus se aparta de Salomão. Então o Rei usa a sua sabedoria e segundo os satanistas e mestres em sabedoria, monges etc... Salomão aprisionou 72 espíritos e fez um livro chamado "goética". Esse livro ele mostra como pactuar com eles e invoca-los, através do demônio Baphomet.
Todas as técnicas, foram guardadas em pergaminhos, e segundo historiadores se perderam com as destruições dos templos, em 587 a.c e em 68 d.c. Porém em plena idade média, na época das cruzadas, um grupo chamado de Cavaleiros do Templo resolveram guardar os caminhos dos cristãos que iam a terra santa em peregrinação.






Cavaleiros Templários

A ORIGEM MAÇOM
  A Ordem dos Cavaleiros Templários, por volta de 1119-1314), que inicialmente tinha por propósito proteger a peregrinação de cristãos no caminho a Terra Santa. Mas segundo relatos, em 9 anos esse propósito não foi respeitado, onde especulam que os Templários teriam adquirido um tesouro proveniente dos escombros do Templo de Salomão. Especulam-se que sejam segredos de construções e símbolos que os templários usavam, e posteriormente pelos maçons, nas construções góticas.

   Após a volta dos Templários as nações ao redor de Roma começaram a se organizar de forma que cada novo integrante deixasse todas as suas poses para a ordem e se ingressava nela, essas reuniões eram fechadas e secretas. Os adeptos a Ordem tinham se espalhado por toda a Europa. Especula-se que a Ordem dos Assassinos, antiga seita que fumavam haxixe e matavam em nome de Alá, porém muitos livros relatam a união das duas ordens.
   A Ordem adquiriu grandes posses chegando a ser tão poderosa financeiramente quanto as nações. Começaram emprestar dinheiro a Juros as nações e aos senhores feudais. Mas o poder e a influência da Igreja Católica, os viam como uma ameaça, e começaram a induzir as nações que acabassem com a ameaça. No início a mesma Igreja Católica tinha dado autorização para a Ordem funcionar.
Assista todos os vídeos da serie Illuminati de uma forma mais resumida.

A ordem de prisão foi redigida em 14 de Setembro de 1307 no dia da exaltação da Santa Cruz, e no dia 13 de Outubro de 1307 (uma sexta-feira) o rei obrigou o comparecimento de todos os templários da França. Os templários foram encarcerados em masmorras e submetidos a torturas para se declararem culpados de heresia, no pergaminho redigido após a investigação dos interrogatórios, no Castelo de Chinon, no qual Filipe IV de França (Felipe, o Belo), influenciado por Guilherme de Nogaret havia prendido ilicitamente o último grão-mestre do Templo e alguns altos dignitários da Ordem.
   O Pergaminho de Chinon atesta que o Papa Clemente V, absolveu os templários, das acusações de heresia, evidenciando, assim, que a queda histórica da Ordem deu-se por causa da perda de sua missão e de razões de oportunismo político.
   Da perda de sua missão o que caracterizou não mais uma vida austera como no inicio da ordem se aproveitou Felipe, o Belo, para se apoderar dos bens da Ordem, acusando-a de ter se corrompido. Ele encarcerou os Superiores dos Templários, e, depois de um processo iníquo, os fez queimar vivos, pois obtivera deles confissões sob tortura, que eram consideradas nulas pelas leis da Igreja e da Inquisição, bem como pelos Concílio de Vienne (França) em 1311 e Concílio regional de Narbona (França) em 1243.
INICIO OFICIAL
   A Franco-Maçonaria iniciou-se com os pedreiros livres que com as suas técnicas ergueram as grandes catedrais do norte da Europa, preparando o caminho para as sociedades secretas. Sabiam transformar simples pedras em grandes palácios. Graças as suas técnicas fascinantes eles eram livres para ir a todas as nações da Europa.
   Para provar seu posto na categoria , os pedreiros que chegavam a uma obra, apertavam a mão do Mestre para este saber qual era seu nível, se era Aprendiz, Artesão ou Mestre. Os antigos templários se ajuntaram as Pedreiros livres, para poderem passar de uma nação para outra sem ser  descobertos, e assim manteram a ordem dos templários viva dentro da Sociedade dos pedreiros livres. Em 1599, foi fundada a primeira loja de pedreiros livres, criando assim a Grande Loja da Escócia.
   O Nome Grande Loja, deriva se dos alojamentos onde os Pedreiros faziam suas refeições. A Partir de 1700, muitos cientistas como Galileu, Newton e outros cientistas, que eram pensadores maçons, propuseram uma nova filosofia de pensar, uma filosofia que compreendia a ciência do Mundo sem a misturar com a Religião, causando inúmeros conflitos com os católicos por toda a Europa. Os maçons propunham a Liberdade de expressão, a Fraternidade, o Direito de ir e vir, a separação do estado da Igreja, seguindo ideais illuministas como igualdade e fraternidade.
   A Revolução Francesa, A Independência Americana e a separação de Estado da Igreja foi patrocinado por ideias Illuministas, Illuminatis e Maçons que incorporavam as duas primeiras. A capital Americana foi totalmente planejada por maçons que fizeram incursões e símbolos ocultos em suas ruas e monumentos, sendo que o George Washington, e Benjamin Franklin, eram maçons e  ao todo 13 presidentes americanos foram maçons.
   Os rituais de iniciação da maçonaria datam-se dos Judeus da época de Salomão, seus significados não são entendidos nem pelos próprios maçons, Segundo Steve Bullock ,PH D, o segredo da maçonaria está no próprio maçom, de entender a sua busca pelo sabedoria.
   Porém assim como Salomão se curvou a deuses estranhos como aos deuses do Egito, a Maçonaria curva-se a deuses como Hórus, Ossíris etc... Para os maçons o seu Deus é GADU, o Grande Arquiteto do Universo e também se submetem a Jabulon ( Uma mistura de Baal, Ossíris e Jafé). O Maçom não sabe ou finge não saber mas está na eterna busca de alcançar a luz que lúcifer perdeu, eles estão do mesmo lado de Lúcifer que já caiu do Céu por querer ser mais sábio e iluminado que Deus. Assim como Buda alcançou uma iluminação espiritual que nada mais é que uma ligação íntima com Lúcifer. A Opinião Pública sabe que A maçonaria (forma reduzida e usual de franco-maçonaria) é uma sociedade discreta de carácter universal, cujos membros cultivam o aclassismo, humanidade, os princípios da liberdade, democracia, igualdade, fraternidade e aperfeiçoamento intelectual, sendo assim uma associação iniciática e filosófica.
Portanto a maçonaria é uma sociedade fraternal, que admite todo homem livre e de bons costumes, sem distinção de raça, religião, ideário político ou posição social. Suas únicas exigências são que o candidato possua um espírito filantrópico e o firme propósito de tratar sempre de ir em busca da perfeição.
   Os maçons estruturam-se e reúnem-se em células autónomas, designadas por oficinas, ateliersou (como são mais conhecidas e correctamente designadas) lojas, "todas iguais em direitos e honras, e independentes entre si."
   Existem, no mundo, aproximadamente 5,5 milhões de integrantes espalhados pelos 5 continentes. Destes 3,2 - (58%)- nos Estados Unidos - USA, 1,2 -(22%) - no Reino Unido e 1,0(20%) no resto do mundo. No Brasil são aproximadamente 150 mil maçons regulares (2,7 %) e 4.700 Lojas.
   O Maçom é abominável? Sim pois adora as ciências do Mundo e a demônios, mesmo sem saber. Mas não são diferentes de pessoas que adoram amuletos, imagens, esculturas, Ou enganadores de fiéis e vendendo a palavra de Deus sem a possuir e usando Deus para lucrar.
   Está escrito: "a Sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus" ( 1 Corintios cap 3:19), Cristo também disse que Deus ocultou as coisas divinas aos sábios e entendidos e revelou aos pequeninos ( São Mateus cap 11:19), Devemos buscar a ciência da Terra com Moderação e buscar que Deus nos ilumine e de o entendimento da sua palavra, pois os teólogos e outros se corromperam ao tentar desvendada-la. mas sabemos que aonde a Ciência acaba a Fé começa.



SIGNIFICADO DO SÍMBOLO DA MAÇONARIA
   O Significado desse símbolo representa dois instrumentos que os antigos pedreiros livres usavam para construir, porém a partir da entrada dos templários o símbolo passa a simbolizar o antigo selo de salomão ou estrela de Davi. A letra G simboliza a crença em G.A.D.U o Grande arquiteto do Universo, porém existe outro deus que eles cultuam que é JahBuLon, esse simboliza a união de três deuses, O Verdadeiro Deus que é Jafé simboliza Jah, Bu é uma alegoria a Baal, enquanto historiadores e teólogos referem Osíris a Lon.


SIGNIFICADO DO PISO MAÇOM E AS 2 COLUNAS
   As 2 colunas e o piso branco e preto, simbolizam a junção entre o Bem e o Mal, o Mundo Físico e o Mundo  Material, A Luz e as trevas, A direita e a esquerda, o Norte e o sul. Na verdade isso vem em parte da sabedoria de Lúcifer que queria juntar a Luz com as Trevas.
O deus maçon!

    GADU (Grande Arquiteto do Universo) para os maçons GADU se refere ao principal Criador de tudo que existe, principalmente do mundo material (demiurgo) independente de uma crença ou religião específica.
   Para os adeptos e irmãos da Maçonaria, GADU é qualquer representante de qualquer religião que o adepto cultue como seu Deus, independente de qualquer fanatismo. entre os mais de 3 milhões de adeptos da maçonaria, se destaca o deus Jahbulon.
   Jahbulon ou Jabulon é uma palavra que foi utilizado para representar o nome inefável de Deus, em algumas sociedades como a Maçonariae a Ordo Templi Orientis.A palavra Jahbulon também é representada em outras formações como Yahbulon ou Jao-Bul-On ou Jah-Buh-Lun ou Jah-Bul-Lun ou Jah-Bel-On.
representação de Jahbulon
Foi utilizado historicamente, em alguns rituais do grau de Arco Real, no Rito de York, segundo Duncan; e de acordo com Francis X. King, também é utilizada nos rituais do Ordo Templi Orientis, visto que Aleister Crowley teria contato com vários grupos clandestinos maçônico.

  Segundo Stephen Knight, autor de A Irmandade, ele afirma que  para a existência desse nome para representar a Deus na maçonaria A afirmação seria de que um "deus" adorado na maçonaria seria a combinação de "Jeová-Baal-Osiris.". segundo a seita satânica, baal é um dos príncipes de Lúcifer, já caracterizando uma adoração satânica a lúcifer, além de contradizer toda o monoteísmo que afirmam ser uma marca maçônica.
JAHBULON na Copa do Mundo
O nome escolhido para a Bola da Copa do mundo 2010 foi Jabulani.
Mas que nome mais inocente para colocar em uma bola...

   O significado da palavra é controverso, a Adidas diz que vem do idioma Bantu isiZulu, causou uma pequena confusão entre a Fifa e a Adidas, uma vez que Kleiman afirmou que o significado é “aquela que traz felicidade aos povos”, enquanto a apresentadora do sorteio dos grupos da Copa do Mundo, a atriz Charlize Theron, deu uma definição diferente: “seja feliz”. Outro site diz: No idioma zulu, nome significa literalmente 'celebrar'
   Bem, eles estão procurando um significado racional até agora, pois na verdade se trata de uma variação de JAHBULON - O que confirma todas as teorias anteriores de que o futebol seja realmente um ritual religioso mágico-cabalistico


  Porque será que quando o Cid Moreira da rede Globo, começava a pronunciar a palavra em um tom de suspense em lances engraçados da bola na copa, nós até assustavamos e repetíamos sua fala por um bom tempo?

Bruxaria

A palavra bruxaria, segundo o uso corrente da Língua Portuguesa, designa as faculdades sobrenaturais de uma pessoa, que geralmente se utiliza de ritos mágicos, com intenção maligna - a magia negra - ou com intenção benigna - a magia branca. É também utilizada como sinônimo de curandeirismo e prática oracular, bem como de feitiçaria. Para os bruxos atuais, contudo, a bruxaria é o culto à deusa e ao deus em sistemas que variam de uma deidade única hermafrodita ou feminina à pluralidade de panteões antigos, mais notadamente os panteões celta, egípcio,assírio, greco-romano e normando (viking).

Feiticeiro seria aquele que realiza feitiços, seja ele bruxo ou não, e feitiço, o gênero de magia cujo objetivo é interferir no estado mental, astral, físico e/ou na percepção que outra pessoa tem da realidade. A magia, por sua vez, é o uso de forças, entidades e/ou "energias" não pertencentes ao plano físico para nele interferir, englobando a feitiçaria e muitas outras formas de ação sobre o plano físico.
O Inicio Verdadeiro: A Bruxaria, a feitiçaria e todos os rituais espirituosos e religiosos que envolvem as trevas, começaram antes do dilúvio.
Ao lermos o Capitulo 6 de Genesis, podemos ler nos 2 primeiros versos: 1° - E aconteceu que, como os homens começaram a multiplicar-se sobre a face da terra, e lhes nasceram filhas,2°- Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.
Na época de Enoque, houve uma 2°rebelião no Céu e nessa rebelião cerca de 100 anjos que estavam apaixonados pelas mulheres da Terra largaram o Céu e vieram a terra, esses anjos ao terem relações com essas mulheres, começaram a revelar segredos, magias,etc...
Das relações entre os Anjos e essas mulheres, nasceram gigantes sobre a terra, e esses anjos também ensinaram aos homens a fazer o Mal, como está escrito no livro apocrifo de Enoque:

    Azazyel ensinou os homens a fazerem espadas, facas, escudos, armaduras (ou peitorais), a fabricação de espelhos e a manufatura de braceletes e ornamentos, o uso de pinturas, o embelezamento das sobrancelhas, o uso de todo tipo selecionado de pedras valiosas, e toda sorte de corantes, para que o mundo fosse alterado.
    Amazarak ensinou todos os sortilégios, e divisores de raízes:
    Armers ensinou a solução de sortilégios;
    Barkayal ensinou os observadores das estrelas;
    Akibeel ensinou sinais;
    Tamiel ensinou astronomia;
    Asaradel ensinou o movimento da lua,

Para resumir essa história Deus enviou 5 anjos que são: Gabriel, Miguel, Radael e Suryal para prender esses Anjos caídos em um grande abismo onde estão e ficarão presos até o dia da Justiça de Deus, quanto a Terra, Deus destinou-a ao dilúvio mantendo vivo apenas Noé e todos que estavam na Arca.
A bíblia afirma em Judas 1-6 E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia;.
A Bruxaria continuou na terra por que após o Dilúvio, homens enganados pelo Diabo foram tentados a fazer símbolos e rituais para invocar o poder dos anjos que estão no abismo. Atualmente a bruxaria, a Magia etc... está totalmente ligado a livros de magia da Cabala( livro judeu de magia), goética (livro de satanismo), necronomicon.


Há uma grande confusão, entre os leigos, acerca de bruxaria tradicional e da moderna. A bruxaria tradicional tem suas raízes aprofundadas através do período pré-histórico, podendo ser considerada em parte irmã e em parte filha de antigas práticas e cultos xamânicos. Historicamente, tal e qual os xamãs, o papel social das bruxas tradicionais era basicamente dividido entre a prestação de auxílio à população na cura de problemas de saúde (problemas da carne, da psiquê e do espírito) e o contato com os espíritos dos mortos e dos deuses (encaminhamento de espíritos recém-desencarnados a seu destino, obtenção de favores da Deusa e/ou dos Deuses, previsões do futuro para facilitar a tomada de decisões tanto no nível pessoal quanto para a comunidade - neste último caso a leitura do futuro seria para os chefes).
A bruxaria moderna, por outro lado, embora se relacione firmemente com a Bruxaria tradicional, surge historicamente com Gerald Gardner, com a criação da Wicca no ano 1950 da Era Comum. Apesar de a bruxaria tradicional, ao longo de seus estimados mais de 20.000 anos de existência, ter vindo absorvendo elementos estranhos a suas raízes ancestrais, sendo uma religião viva e que evolui continuamente, seu eixo fundamental é bastante distinto do da bruxaria moderna, pois Gardner não apenas adotou novos elementos, mas tornou alguns destes em bases fundamentais da Wicca, amalgamando de forma indissolúvel o que teria aprendido como iniciado na bruxaria tradicional com conhecimentos adquiridos junto ao druidismo e conceitos de origem claramente oriental. Agrava-se a confusão entre bruxaria moderna e bruxaria tradicional ao ter se tornado recorrente o uso da expressão "wicca tradicional" para designar aqueles cuja linhagem iniciática remonta a Gerald Gardner.
Bruxas 


Uma bruxa é geralmente retratada no imaginário popular como uma mulher velha e encarquilhada, exímia e contumaz manipuladora de Magia Negra e dotada de uma gargalhada terrível. É inegável a conexão entre esta visão e a visão da Hag ou Crone dos anglófonos. É também muito popularizada a imagem da bruxa como a de uma mulher sentada sobre uma vassoura voadora, ou com a mesma passada por entre as pernas, andando aos saltitos. Alguns autores utilizam o termo, contudo, para designar as mulheres sábias detentoras de conhecimentos sobre a natureza e, possivelmente, magia.
Algumas bruxas históricas adquiriram alguma notoriedade, como é o caso chamadas Bruxas de Salem, a Bruxa de Evóra e Dame Alice Kytler (bruxa inglesa). São também bastante populares na literatura de ficção, como nos livros da popular série Harry Potter, nos livros de Marion Zimmer Bradley (autora de As Brumas de Avalon, que versam sobre uma vasta comunidade de bruxos e bruxas cuja maioria prefere evitar a magia negra, ou a trilogia sobre as bruxas Mayfair, de Anne Rice.
As bruxas foram implacavelmente caçadas durante a inquisição na Idade Média. Um dos métodos usados pelos inquisidores para identificar uma bruxa nos julgamentos do Santo Ofício consistia na comparação do peso da ré com o peso de uma Bíblia gigante. Aquelas que fossem mais leves eram consideradas bruxas, pois dizia-se que as bruxas adquiriam uma leveza sobrenatural. Frequentemente as bruxas são associadas a gatos pretos, que dentre as Bruxas Tradicionais são os chamados Puckerel, muitas vezes tidos como espíritos guardiões da Arte da Bruxas, que habitam o corpo de um animal. Estes costumam ser designados na literatura como Familiares.
Diziam que as bruxas voavam em vassouras a noite e principalmente em noites de lua cheia, que faziam feitiços e transformavam as pessoas em animais e que eram más.
Hoje em dia essas antigas superstições como a da bruxa velha da vassoura na lua cheia já foram suavizadas, devido à maior tolerância entre religiões, sincretismo religioso e divulgação do paganismo. Gerald Gardner tem destaque nesse cenário como o pai da Religião Wicca- A Religião da Moderna Bruxaria Pagã, formada por pessoas que são Bruxos/as mas que utilizam a "Arte dos Sábios" ou a "Antiga Religião" mesclada a práticas e conhecimentos de outras tradições. A classificação de magia como negra e branca´não existe para os bruxos, pois se fundamentam nos conceitos de bem e mal, que não fazem parte de suas crenças, por isso, como costumam dizer, toda magia é cinza.
A Arte das Bruxas como era feita antes é chamada de Bruxaria Tradicional, ainda remanescendo até os dias atuais em grupos seletos, via de regra ocultos. Hoje também pode-se encontrar uma vasta quantidade de livros e sites que explicam a "Antiga Religião" mas geralmente se tratam de Wicca, pois os membros de grupos de Bruxaria Tradicional costumam preferir o ostracismo, revelando-se publicamente apenas em ocasiões especiais ou para que novos candidatos os localizem.
Em algumas regiões do Brasil o termo também pode ser usado para designar uma mariposa (traça em Portugal) grande e de coloração escura. Talvez por associar-se a imagem da borboleta a uma imagem humanóide feminina como as fadas e, assim, remeter a imagem da mariposa à de uma senhora de idade avançada, de vestes escuras e de hábitos noturnos - a bruxa.

Quem é Moloque

Moloch ou Moloque na tradição bíblica, é o nome do deus ao qual os amonitas, uma etnia de Canaã (povos presentes na península arábica e na região do Oriente Médio), sacrificava seus recém-nascidos, jogando-os em uma fogueira. Também é o nome de um demônio na tradição cristã ecabalística
Segundo as escrituras os povos amorreus por volta de 1900 a.C. adoravam a Moloque. Há quem diga que nos rituais de adoração havia atos sexuais e sacrifícios de crianças. Estas eram jogadas em uma cavidade da estátua de Moloque, onde havia fogo consumindo assim a criança viva. Ele era, ao mesmo tempo, um fogo purificador, destruidor e consumidor. A aparência de Moloque era de corpo humano com a cabeça de boi ou leão, no seu ventre havia uma cavidade em que o fogo era aceso para consumir sacrifícios. Muitos povos adoravam a Moloque porém com o fortalecimento do povo Hebreu e de outros reinos, estes povos foram desaparecendo, deixando o costume de adoração a Moloque.
Pelas ordens de Deus dadas ao povo hebreu através de Moisés, era proibido, expressamente, a adoração a Moloque, bem como também o sacrifício de crianças a ele, sendo este severamente punido (Lv 20,2-5).
Moloque era conhecido também com Malcã. Os gregos antigos identificaram este deus cananeu, adorado pelos cartagineses com sacrifícios de bebês, com Cronos.
A palavra Moleque é uma palavra africana proveniente do noroeste da Angola, onde tribos que adoravam Moloque, colocavam o nome de moleque ou moleka, em crianças que estavam destinadas ao dêmonio Moloque.

O Significado da Estrela de Davi

A estrela de Davi (chamada de Escudo de David, ou Selo de Salomão) é um símbolo real, um selo de realeza representativo do reinado de David sobre a Terra, e por extensão do futuro Reino Messiânico sobre a Terra.
Quando as nações pagãs iam à guerra, muitas vezes pintavam figuras para inspirar medo aos adversários nos escudos dos seus prórpios soldados (tais como dragões, cobras, etc.) No entanto, em Yisrael, o símbolo é o escudo de David.
O nome David em hebraico é composto de três letras na segunte orderm: Dálet-Vav. Dálet. No hebraico antigo, a letra Dálet tinha a forma semelhante a um triângulo com vértice
Quando este símbolo foi gerado, não sabemos ao certo, no entanto sabemos que este símbolo é geometricamente construído em forma de estrela com as duas letras Dálet que compunham o nome David (entrelaçando-as, e girando uma das letras em 180o. para que seu vértice se colocasse para baixo). Como o tempo, este símbolo tornou-se símbolo da nação de Yisrael e do povo judeu, estando presente na própria bandeira de Israel.
O hexagrama é formado unindo-se o Triângulo da Água com o Triângulo do Fogo, formando a estrela de seis pontas, também conhecida como Selo de Salomão. Esse símbolo é o mesmo que o da Estrela de Davi, o símbolo nacional de Israel.. A diferença é que esse selo ocultista é formado por dois triângulos entrelaçados, enquanto que, na Estrela de Davi, um triângulo sobrepõe o outro
A autora maçônica Mary Ann Slipper, escrevendo em Symbolism of the Eastern Star [O Simbolismo da Estrela do Oriente], 1927, na página 14, faz a mais reveladora admissão, quando diz, “A estrela de seis pontas é usada na obra maçônica e também é encontrada em outras ordens secretas conhecidas.” Outro livro da Estrela do Oriente, The Second Mile [A Segunda Milha], compreende o impacto do hexagrama quando diz, “… a estrela de seis pontas é um símbolo muito antigo e um dos mais poderosos.”

O hexagrama é realmente um símbolo muito poderoso para os feiticeiros, bruxos e magos! É usado em todas as formas de magia, feitiçaria, ocultismo e nas previsões astrológicas. Como tem seis pontas e contém um ‘666‘, o hexagrama é considerado um dos símbolos mais poderosos de Satanás. Veja o hexagrama acima. O primeiro seis é formado pelos lados de cada triângulo encontrados no sentido horário; o segundo é formado pelos lados de cada triângulo quando você segue no sentido anti-horário; o terceiro seis é formado pelos lados do hexágono interno.
Dois feiticeiros explicam melhor que o hexagrama era usado como “uma reserva para os mágicos e alquimistas. Os bruxos acreditavam que ele representava a pegada de um tipo especial de demônio chamado ‘trud’ e o usavam em cerimônias tanto para conjurar demônios quanto para mantê-los afastados.” [Gary Jennings, Black Magic, White Magic[Magia Negra, Magia Branca], Eau Claire, WI, The Dial Press, 1964, pg. 51. Também Harry E. Wedeck, Treasury of Witchcraft (Tesouro da Feitiçaria), Nova York, Philosophical Library, 1961, pg. 135]
Olhe novamente o hexagrama anterior; ele é usado para conjurar demônios, fazê-los aparecer nesta dimensão e cumprir as vontades do feiticeiro. Os símbolos dentro do hexagrama são para esse propósito. O ex-satanista Iluminista Doc Marquis, hoje um cristão nascido de novo, confirma que os hexagramas são usados para conjurar demônios e para lançar encantamentos e maldições sobre uma vítima.
O hexagrama também é um símbolo do ato sexual e da reprodução. O autor maçônico, Albert G. Mackey oferece-nos a explicação ocultista em seu livro, The Symbolism of Freemasonry [O Simbolismo da Maçonaria, pg 195, 1869]. O triângulo voltado para baixo “é o símbolo feminino que corresponde ao ‘yoni’ e o triângulo voltado para cima é o homem, o ‘linga’. Quando os dois triângulos estão entrelaçados, representa a união das forças ativa e passiva na natureza; representa os elementos masculino e feminino.” [A mesma explicação aparece em Did You Know? Vignettes in Masonry From a Royal Arch Mason Magazine, Missouri Lodge of Research, 1965, pg 132, Wes Cook, editor] [Nota do tradutor: Linga e Yoni são representações estilizadas dos órgãos genitais masculino e feminino, respectivamente, em diversos emblemas e amuletos. São considerados símbolos do poder genésico e adorados no hinduísmo.]
Se você ainda não percebeu isso, o ocultista e o pagão adoram o sexo; na verdade, adoram quase tudo na natureza, cumprindo perfeitamente a definição bíblica do paganismo em Romanos 1:25, “Pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura, em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém”. Sempre lembro desse verso quando pesquiso a montanha de literatura maçônica, pois ela está absolutamente repleta da veneração por todas as crenças pagãs concebíveis, de todos os tempos e de todos os continentes. Verdadeiramente, Albert Pike, o Grande Comandante da Maçonaria na Jurisdição do Sul dos EUA, estava certo quando afirmou, ”A Maçonaria é idêntica aos antigos mistérios.”
Falando sobre a conotação sexual do hexagrama, outro feiticeiro revelou, “Quando o triângulo masculino penetra o triângulo feminino, produz a estrela de seis pontas, o selo de Salomão, ou hexagrama, o símbolo mais maligno da feitiçaria.” [David J. Meyer, Dancing With Demons: The Music´s Real Master (Dançando com os Demônios: O Verdadeiro Mestre da Música)]
O hexagrama é o símbolo usado na Maçonaria do Arco Real. O autor maçônico Wes Cook [op. cit. pg. 132], diz que hexagrama representava “equilíbrio e harmonia” em todas as facetas do mundo. Outra publicação maçônica associa o hexagrama com o infame símbolo chinês do Yang e Yin. ["The Significant Numbers", Short Talk Bulletin, setembro, 1965, vol. 34, número 9, pg. 5]
Em resumo, o hexagrama é o mais maligno e um dos mais poderosos de todos os símbolos na feitiçaria. É usado para conjurar demônios a esta dimensão, para comunicação com os mortos, para descrever o ato sexual e para representar deuses falsos e pagãos, como Brahma, Vishnu e Shiva. [Masonic and Occult Symbols Illustrated(Símbolos Maçônicos e Ocultistas Ilustrados), Dr. Cathy Burns, pg.
Várias outras explicações existem por trás da Estrela de David.


Outra explicação é que a estrela de seis pontas recebe forma e substância através de seu centro. A parte interna representa a dimensão espiritual, cercada pelas seis direções universais. (Uma idéia semelhante se aplica ao Shabat, o sétimo dia que dá equilíbrio e perspectiva ao seis dias de semana).
Na Cabalá, os dois triângulos representam as dicotomias inerentes ao homem: bom versus mal, espiritual versus físico, etc. Os dois triângulos também representam a relação recíproca entre D’us e o povo judeu. O triângulo que aponta “para cima” simboliza nossas boas ações que sobem para o céu, e então ativam um fluxo de bondade pelo mundo, simbolizado pelo triângulo que aponta para baixo.
Uma outra teoria mais prática é que durante o período de rebelião de Bar Kochbá (primeiro século), uma nova tecnologia estava sendo desenvolvida para os escudos utilizando a estabilidade inerente ao triângulo. Atrás do escudo havia dois triângulos entrelaçados, formando um padrão hexagonal de ponto de suporte.
Uma sugestão cínica é a de que a Estrela de David é um símbolo apropriado para a disputa interna que aflige freqüentemente a nação judaica: dois triângulos que apontam para direções opostas!A Estrela de David é um triste símbolo do Holocausto, quando os nazistas forçaram os judeus a vestir uma estrela amarela que os identificava. Na realidade judeus foram forçados a vestir distintivos especiais durante a Idade Média, ambas por autoridades muçulmanas e Cristãs, e até em Israel, na época do Império otomano.


Slogam dos "Illuminatis"

Postagens populares