Demonologia é o estudo sistemático dos demônios. Quando envolve os estudo de textos bíblicos, é considerada um ramo da Teologia. Por geralmente se referir aos demônios descritos no Cristianismo, pode ser considerada um estudo de parte da hierarquia bíblica. Também não está diretamente relacionada ao culto aos demônios.

As mais extensas exposições sobre demonologia cristã são o Malleus Maleficarum, de Heinrich Kraemer, Demonolatria, de Nicolas Rémy, e Compendium Maleficarum, de Francesco Maria Guazzo.

A demonologia se refere a catálogos que tentam nomear e definir uma hierarquia de demônios e espíritos malignos. Nesse sentido, a demonologia pode ser vista como uma imagem em espelho ou um ramo da angeologia, que estuda os anjos.

Os grimórios de ocultismo são tomos que conteriam os feitiços dessa versão da demonologia, contendo instruções de como convocar demônios e (espera-se), submetê-los à vontade do conjurador, embora nem todos os ocultistas antigos ou modernos necessariamente conjurem demônios.


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

A natureza pede socorro, S.O.S Animais Pedem Socorro, Criado por Eduardo Marcelo Estevão, A fim de sensibilizar, O Mundo

https://www.youtube.com/watch?v=pqMqzDCg6tk
video

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Árvore da Ciência do Bem e do Mal

A árvore da Ciência do Bem e do Mal é citada na Bíblia, nos capítulos iniciais do livro do Gênesis, correspondendo a um importante elemento da criação segundo a crença judaico-cristã. — Gên 2:9, 16, 17; 3:1-24. No Jardim do Éden, Deus utilizou duas árvores com objetivos simbólicos: a "árvore da vida" e "a árvore da Ciência do Bem e do Mal". Não respeitar o decreto de Deus referente a esta última árvore teria resultado na queda do homem. 
Também conhecida como Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal, ou simplesmente Árvore da Ciência, foi plantada, segundo o relato bíblico, no Jardim do Éden, tendo seus frutos sido proibidos ao homem por Deus. Segundo o mesmo relato, após ser interpelada pela serpente, a mulher (Eva), desobedecendo a ordem de Deus, come do fruto, oferecendo posteriormente ao homem (Adão), que também o come, provocando o que se chama de pecado original da humanidade.
No sétimo dia da Criação, Deus criou o homem à sua imagem: "à imagem de Deus o criou: macho e fêmea os criou." (Gênesis, 1,27). Tal afirmação categórica é uma negação da versão mais difundida: a de que o homem foi criado antes da mulher. Neste ponto, existem interpretações diferentes. A primeira é a de que Adão seria um ser andrógino (macho e fêmea) e que a separação de Eva representaria a cisão da criatura original andrógina em duas (Unterman, 1992:25). A androginia de Adão é explicada em alguns textos rabínicos, como no Sepher Ha-Zohar, que contêm a afirmação de rabi Abba: "O primeiro homem era macho e fêmea ao mesmo tempo pois a escritura diz: E Elohim disse: façamos o homem à nossa imagem e semelhança (Gênesis, 1,26). É precisamente para que o homem se assemelhasse a Deus que foi criado macho e fêmea ao mesmo tempo" 
Existe, contudo, uma outra interpretação, que nos parece mais fascinante, a de que, a exemplo do que foi feito com os animais, Deus teria criado um casal: Adão e uma mulher que antecedeu a Eva. Esta mulher primordial teria sido Lilith , figura bastante conhecida da antiga tradição judaica. Lilith não se submeteu à dominação masculina. A sua forma de reivindicar igualdade foi a de recusar a forma de relação sexual com o homem por cima. Por isso, fugiu para o Mar Vermelho. Adão queixou-se ao Criador, que enviou três anjos em busca da noiva rebelde. Os três anjos eram Sanvi, Sansanvi e Samangelaf . Os emissários do Senhor tentaram em vão convencer a fujona. Ameaçaram afogá-la no mar  Lilith, porém, respondeu: "Deixem-me, não sabeis que não fui criada em vão e que é meu destino dizimar recém-nascidos; enquanto é um menino tenho poder sobre ele até o oitavo dia, se é menina, até o vigésimo. No entanto, ela jurou aos anjos, em nome do Deus vivo, de que sempre que avistasse as figuras ou apenas os nomes dos mensageiros de Deus, deixaria a criança em paz. Também aceitou o fato de que diariamente iriam perecer cem de seus próprios filhos." (Gorion, :53). Lilith foi transformada em um demônio feminino, a rainha da noite, que se tornou a noiva de Samael, o Senhor das forças do mal.
Várias tradições fazem referências ao fruto proibido de diversas maneiras:
  • Símbolo de relações sexuais representadas por uma “maçã”;
  • Como significando o reconhecimento do certo e do errado;
  • Como conhecimento adquirido por se alcançar a madureza por experiência;
  • Símbolo do direito que o Criador do homem teria de especificar aos seres humanos o que é “bem” e o que é “mal”, exigindo a prática do que é bom e a rejeição do que é mal, a fim de continuarem aprovados por Ele.
  • Como a ciência propriamente dita - com as descobertas científicas, o homem deixa seu estado natural de equilíbrio com a natureza e passa a ter que trabalhar para garantir a sua sobrevivência. No jardim do Éden o ser humano não precisava trabalhar; quando Deus expulsa o homem do Paraíso devido ao fato de Adão e Eva terem comido o fruto, ele os amaldiçoa afirmando que a partir daquele momento terão que trabalhar pelo seu sustento. Outra passagem do Gênesis que demonstra este fato é quando é afirmado que os filhos de Adão e Eva após a saída do Éden, Caim e Abel, eram, respectivamente, agricultor e pastor.
Muitos acreditam que após comer do fruto do conhecimento do bem e do mal, é criado um pecado que faz com que os seus olhos se tornem capazes de aprender a maldade, por isso o termo "seus olhos foram abertos"' e este mesmo pecado separa o homem do seu criador.
Ainda outros argumentam que em vista da ordem de ‘serem fecundos e tornarem-se muitos, e de encherem a terra’  , o fruto da árvore não poderia ser o símbolo de relações sexuais, visto que esta seria a única maneira de haver procriação. Também há a argumentação de que não podia significar apenas a faculdade de reconhecer o certo e o errado, porque a obediência à ordem de Deus exigia esta discriminação moral. Quanto a referir-se ao conhecimento obtido ao atingir a madureza, argumenta-se que não seria pecado por parte do homem atingir este estágio, nem lógico que seu Criador o obrigasse a continuar imaturo.
A Árvore do Bem e do Mal figura na Bíblia como um simbolismo colocado, sob forma física, à Adão e Eva, onde a aceitação desta (isto é, o comer do seu fruto) seria o "assinar embaixo" da humanidade em aceitar o pecado, enquanto que o não-fazê-lo seria o aceitar estar com Deus. Por consequência, tem-se que o mal, na prática, já existia, tendo vindo com a queda de Lúcifer à Terra descrita no capítulo 12 de Apocalipse; o fruto da árvore apenas seria a porta de entrada para que este mal entrasse também na vida do ser humano. Sob certo ponto de vista, a desobediência do homem aos mandamentos de Deus deve ter sido o primeiro pecado oficial da humanidade, no entanto sob outro aspecto foi o de sucumbir à tentação que veio primeiro, uma vez que, antes de cometer a desobediência em si (o comer do fruto), Eva já havia sucumbido à tentação para, então, descumprir.
Muitos simbolizam a maçã como o fruto proibido, mas não há relatos na Bíblia de que isso seja verdade. Tudo que os homens não entendem, tendem a dizer: existe um significado simbólico, é mais fácil do que descobrir a verdade. Haverá realmente planta que de o conhecimento do bem do mal.
 Segundo uma velha tradição, Lilith seria uma figura sedutora, de longos cabelos, que voa à noite, como uma coruja, para atacar os homens que dormem sozinhos. As poluções noturnas masculinas podem significar um ato de conúbio com a demônia, capaz de gerar filhos demônios para a mesma. As crianças recém-nascidas são as suas principais vítimas. A crença em Lilith, durante muito tempo, serviu para justificar as mortes inexplicáveis dos recém-nascidos. Uma forma de proteger as crianças contra a fúria da bela demônia é escrever na porta do quarto os nomes dos três anjos enviados pelo Senhor. Outra maneira é a de afixar no berço do recém-nascido, três fitas, cada uma delas com um nome dos três anjos. Segundo Unterman, na véspera do Shabat e da Lua Nova, quando uma criança sorri é porque Lilith está brincando com ela. Para protegê-la deve se bater três vezes de leve no nariz da criança, pronunciando uma fórmula de proteção contra Lilith6. O mesmo Autor afirma que, na Idade Média, era considerado perigoso beber água nos solstícios e equinócios, períodos estes em que o sangue menstrual de Lilith pinga nos líquidos expostos. Finalmente, uma outra tradição judaica afirma que a lendária rainha de Sabá que teria visitado Salomão nada mais era do que Lilith. O sábio rei, contudo, descobriu o ardil, ao levantar a saia da rainha e constatar que as suas pernas eram peludas. 

Segundo uma lenda judaica, após a expulsão do paraíso, Adão para se mortificar ficou cento e trinta anos afastado de Eva. Uma ocasião que estava dormindo sozinho, Lilith o encontrou e deitou-se ao seu lado e dele concebeu um sem número de demônios. Os que se defrontavam com eles eram torturados e mortos (Gorion, :54).
A rebelião de Lilith contra Adão e o Criador levou à necessidade da criação de Eva, esta formada a partir de uma costela de Adão (Gênesis, 2, 21). É possível, portanto, imaginar que um corte foi realizado entre o capítulo 1, versículo 28, e o capítulo 2, versículo 21. É provável que este corte tenha ocorrido, mesmo em época bastante remota, como no quarto século antes de Cristo, quando se supõe que o texto escrito tomou uma forma aproximada da atual (Leach, 1983:77). O próprio teor do capítulo 1, versículo 28, sustenta esta hipótese: "E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra ..." Como seria possível abençoar a ambos e recomendar a multiplicação se Eva ainda não estava criada? 
chama a atenção para um outro detalhe importante: após a criação de Eva, extraída da costela de Adão, este diz: "Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada varôa, porquanto do varão foi tomada" (Gênesis, 2, 23). Para Sicuteri, esta agora soa como desta vez numa inequívoca referência a uma mulher anterior.
 
Eva, porém, à sua maneira, repetiria o gesto de rebelião de sua antecessora. Deus tinha permitido ao homem comer todas as frutas do jardim, com apenas uma exceção: "Mas da árvore da ciência do bem e do mal, d'ela não comerás; porque no dia que d'ela comeres, certamente morrerás." (Gênesis, 2,17). É exatamente esta interdição que é rompida por Eva. A versão canônica é que a mulher assim procedeu tentada pela serpente, sob a alegação de que o consumo da fruta proibida a tornaria tão poderosa como Deus. Acreditando na pérfida serpente, Eva comeu do fruto proibido e convenceu o seu companheiro a fazer o mesmo. A punição por este ato de desobediência original foi a perda da imortalidade, a partir de então os homens tornaram-se mortais. Existem outras interpretações para esta história. Os teólogos modernos acreditam que a serpente foi a forma tomada pelo demônio para tentar Eva. Existe também a crença de que Lilith teria se transformado em serpente para tentar Eva e se vingar de Adão. Uma terceira interpretação é a que faz parte de uma tradição judaica: "a serpente bíblica era um animal astucioso, que caminhava ereto sobre as duas pernas, falava e comia os mesmos alimentos que o homem. Quando viu como os anjos prestigiavam Adão, teve ciúme dele, e a visão do primeiro casal tendo relação sexual despertou na serpente o desejo por Eva. Por instigação de Satã ou Samael, ou, segundo algumas versões, possuída por ele, a serpente persuadiu Eva a comer o fruto proibido e seduziu-a. Como castigo, suas mãos e pernas foram cortadas e ela teve de se arrastar sobre o seu ventre, todo alimento que comia sabia a pó, e tornou-se eterna inimiga do homem.(...) Quando teve relação sexual com Eva, injetou sua peçonha nela e em todos os seus descendentes. Essa peçonha só foi removida do povo de Israel quando estavam no monte Sinai e receberam o Torá." (Unterman, 1992:236).
Expulsos do paraíso, Adão e Eva tiveram, segundo a versão canônica, dois filhos: Caim e Abel (Gênesis, 4, 1 e 2). As causas do fratricídio cometido por Caim são bastante conhecidas, por isso passamos diretamente para uma outra versão: "num paroxismo de ciúme pela não aceitação de sua oferenda e por uma irmã gêmea que Abel desposara (o grifo é nosso), Caim matou seu irmão." (Unterman, 1992:54). Chamamos a atenção para um elemento novo que surge neste momento, a existência de uma irmã gêmea que fora desposada por Abel. Posteriormente, voltaremos a tratar deste assunto. No momento, interessa-nos mais a versão de que Caim, de fato, não era filho de Adão, mas da serpente que tinha seduzido Eva. E mais, quando foi banido para o leste do Éden, Deus lhe atribuiu chifres, para afugentar os animais que lhe pudessem atacar. A sua punição consistia em perambular pela terra, sem descanso, sem que ninguém o pudesse matar. Contudo, foi morto por um seu descendente, Lamech que o confundiu com um animal selvagem. A versão atual não faz menção ao "parricídio" de Lamech, mas nos dá indício que neste ponto também agiram os editores bíblicos. Vejamos o que diz os versículos 23 e 24 do capítulo 8 do Gênesis: 23. "E disse Lamech as suas mulheres: Ada e Zilla, ouvi a minha voz; vós, mulheres de Lamech, escutai o meu dito; porque eu matei um varão por minha ferida, e um mancebo por minha pisadura". 24."Porque sete vezes Caim será castigado, mas Lamech setenta vezes sete." Por que este último versículo atribui uma maior punição a Lamech? A resposta nos é dada pelo versículo l5 do mesmo capítulo: "O Senhor porém disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim sete vezes será castigado. E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que não o ferisse qualquer que o achasse." Este versículo não deixa dúvida sobre quem foi a vítima da flecha de Lamech, além disto refere-se a um sinal colocado por Deus em Caim, que pode ser os chifres mencionados na tradição judaica.
O versículo 25 do capítulo 8, também, é bastante significativo: "E tornou a Adão a conhecer a sua mulher; e ela pariu um filho, e chamou o seu nome Seth; porque disse ela Deus me deu outra semente em lugar de Abel; porquanto Caim o matou." Esta frase de Eva ficaria melhor na boca de Adão (não teria sido ele que a proferiu?), porque Adão somente considera como a sua descendência a de Seth (desde que Abel não deixou descendentes). Contudo, os versículos 17 a 22 do capítulo 8 referem-se a grande descendência de Caim. Para se ter uma idéia de sua dimensão, basta registrar que Lamech era neto de Mehujael, bisneto de Caim; ou seja, cinco gerações o separava de seu maldito ancestral. Resta, então, uma dúvida que nos permite formular duas hipóteses: a primeira, Adão teria repudiado a linhagem de Caim em função do fratricídio; a segunda é que Adão não considerava a descendência de Caim, sabedor da infidelidade de Eva.

Por que Deus colocou a árvore do conhecimento do bem e do mal no Jardim do Éden?

Pergunta: "Por que Deus colocou a árvore do conhecimento do bem e do mal no Jardim do Éden?"

Resposta:
Deus colocou a árvore do conhecimento do bem e do mal no Jardim do Éden para dar a Adão e Eva uma escolha: obedecer ou não a Ele. Adão e Eva tinham liberdade para fazer qualquer coisa que quisessem, exceto comer da árvore do conhecimento do bem e do mal. Gênesis 2:16-17: “E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” Se Deus não tivesse dado a Adão e Eva a escolha, eles seriam essencialmente robôs, simplesmente fazendo o que foram programados para fazer. Deus criou Adão e Eva para serem seres “livres”, capazes de tomar decisões, capazes de escolher entre o bem e o mal. Para que Adão e Eva fossem verdadeiramente “livres”, deveriam ter uma escolha.

Não havia nada essencialmente mal a respeito da árvore ou de seu fruto. É improvável que o fato de comer o fruto desse a Adão e Eva algum outro conhecimento. Foi o ato de desobediência que abriu os olhos de Adão e Eva para o mal. Seu pecado de desobediência a Deus trouxe o pecado e o mal para o mundo e para suas vidas. Comer o fruto, como um ato de desobediência contra Deus, foi o que deu a Adão e Eva o conhecimento do mal. Gênesis 3:6-7: “E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.”

Deus não queria que Adão e Eva pecassem. Deus sabia antes quais seriam os resultados do pecado. Deus sabia que Adão e Eva pecariam, e trariam, desta forma, o mal, o sofrimento e a morte ao mundo. Por que, então, Deus colocou a árvore no Jardim do Éden e permitiu que Satanás tentasse Adão e Eva? Deus colocou a árvore do conhecimento do bem e do mal no Jardim do Éden para dar a Adão e Eva uma escolha. Deus permitiu que Satanás tentasse Adão e Eva para forçá-los a fazer uma escolha. Adão e Eva escolheram, por seu livre arbítrio, desobedecer a Deus e comer do fruto proibido. O resultado: o mal, o pecado, o sofrimento, a enfermidade e a morte têm trazido aflição e dor ao mundo desde então. Os resultados da decisão de Adão e Eva foram que cada pessoa nascesse com uma natureza pecaminosa, uma tendência a pecar. A decisão de Adão e Eva é o que, em última análise, criou a demanda para que Jesus Cristo morresse na cruz e derramasse Seu sangue em nosso lugar. Através da fé em Cristo, podemos ser libertos das conseqüências do pecado, e livres do próprio pecado. Que possamos ecoar as palavras do Apóstolo Paulo em Romanos 7:24-25a: “Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor.”

Possessão Demoníaca e ataques Sobrenaturais em Escala Nacional

Demonstraremos que a possessão demoníaca de uma grande parte da população de um país é possível; detalharemos as várias portas que uma pessoa pode abrir e permitir a entrada de demônios em sua vida. Após descrevermos quais são essas portas, você perceberá que a vasta maioria da população do nosso país está permitindo a possessão por demônios.

É possível que toda a população de um país seja possessa por demônios? Talvez devamos refazer a pergunta: É possível que toda a população de pessoas não-salvas de um país seja possessa por demônios? Demonstraremos que esse quadro tenebroso não somente é possível, mas que também está ocorrendo na sociedade atualmente!

Antes de iniciarmos, vamos examinar alguns fatos bíblicos pertinentes:

1) Deus vê uma nação como o coletivo da maioria das pessoas que vivem naquele país. Portanto, a moralidade individual é criticamente importante para uma nação, especialmente à medida que esse tipo de moralidade passa a ser a posição da maioria. Deus avalia a moralidade de uma nação com base na moralidade da maioria das pessoas que vivem ali;

2) Tanto isso é verdade, que Deus está muito preocupado com a moralidade das nações. Vemos esse fato bíblico muito claramente no Antigo Testamento. Uma vez que a moralidade da maioria da população de Sodoma e Gomorra tornou-se totalmente réproba, Deus atribuiu esse rótulo àquelas cidades-estados e elas foram destruídas. Deus enviou o profeta Jonas à poderosa cidade de Nínive, para advertir a população e exortá-la ao arrependimento, pois caso contrário, seria destruída em um julgamento físico. Sob a liderança do seu rei, o povo de Nínive se arrependeu e se livrou da destruição física. No entanto, a história registra que, 120 anos mais tarde, o povo de Nínive voltou a praticar as mesmas impiedades que seus antepassados no tempo de Jonas, e dessa vez Deus destruiu aquele império. Finalmente, Deus advertiu Israel sobre sua impiedade por aproximadamente 150 anos antes de enviar Nabucodonosor, rei de Babilônia, para destruir militarmente a nação e levar a maior parte da população sobrevivente para trabalhar como escravos em seu reino;
3) Portanto, importa e muito o que as pessoas fazem na "privacidade do seu lar", nas salas de estar, nos quartos e em suas vidas;
4) As pessoas hoje estão mal informadas sobre a realidade da Guerra espiritual que ocorre à nossa volta. A situação ficou tão ruim que Satanás pode arrastar muitas pessoas, puxando-as pelos narizes e elas não o reconhecem pelo que ele é!
Uma das coisas que agradeço a Deus é pelas pessoas que ele colocou no meu ministério para me ajudar a compreender as pessoas e organizações que estão levando este mundo para os braços do Anticristo. Deus colocou um ex-membro dos Filhos Universais de Deus neste ministério, um ex-satanista Iluminista, vários ex-católicos, e diversos ex-maçons. Como resultado, minha compreensão de todo o sistema ocultista que está sendo armado contra as nações e instituições deste mundo para colocá-las sob o domínio do Anticristo, foi muito clarificada. 


Se você não acredita em guerra espiritual, terá dificuldade em aceitar o assunto tratado neste artigo. Talvez você deva fazer uma leitura bíblica primeiro, para se preparar para os fatos apresentados pela Dra. Brown. Nós o encorajamos a ler estas passagens nas Escrituras:

1) 2 Reis 6:8-17 — Nesta passagem, o rei da Síria envia um grande exército para capturar e matar o profeta Eliseu. Na manhã seguinte, o servo de Eliseu sai de casa e vê o grande exército sírio cercando toda a cidade em que Eliseu estava residindo. Em pânico, o servo grita para Eliseu dizendo que eles estão perdidos. Eliseu diz uma coisa que deve ter feito o servo pensar que ele estava louco. Ele disse: "Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles." [verso 16] Eliseu sabia que o servo não tinha entendido bem o que ele queria dizer e orou pedindo que Deus abrisse os olhos do rapaz, para que ele visse o exército de Deus. Imediatamente, o servo passou a enxergar o mundo espiritual e viu "o monte cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu."
(invasão dos espíritos nas vidas das pessoas).
Estamos vivendo numa era Diabólica, onde as práticas satânicas invadem nossos lares, disfarçadas sobre fachadas de beleza, sedução e encanto.



Hoje, mais do que ontem, e amanhã com certeza estas prática estarão mais integradas à sociedade do que hoje, pois, há um interesse mundial, na preparação do mundo para a manifestação do "Anticristo", que em breve estará assumindo o controle político, econômico e religioso.






Temos que conhecer, e para isto é necessário dedicação nos estudos, perseverança na oração e acima de tudo uma fé inabalável em Jesus Cristo, e total submissão ao Espírito Santo, que constitui fator indispensável a todo crente, que deseja ser instrumento na Obra de Deus, e na luta contra todas as manifestações Demoníacas





A possessão demoníaca se dá quando um ou mais demônios se apossam e permanecem no corpo de uma pessoa, assumindo total controle da mente e do corpo. Nesse caso, a personalidade fica totalmente escravizada. É uma situação muito lamentável de se ver.



- Os possessos são pessoas que são manipuladas, voluntárias ou não pelas entidades incorporadas, servindo de canal de comunicação e expressão do Diabo, criando uma dependência, que só será interrompida por Jesus Cristo.

- Há casos de total perda de consciência e ou de mais ou menos consciência.

- Mas a vítima é incapaz de separar a sua própria consciência da influência do Demônio



 - Porém nunca podemos esquecer que são criaturas de Deus, as pessoas,  e que toda ação física contra os Demônios, só irão contra a pessoa, pois, a entidade  é um ser espiritual, não havendo necessidade de bater no endemoninhado ou ridicularizá-lo.



Enquanto militarmos, neste corpo mortal, estaremos expostos as ações Diabólicas, mas nunca sujeitos, as mesmas, pois, em cada rua, avenida, comércio, etc.,  Sempre haverão pessoas influenciadas pelo Diabo, que conscientes ou não poderão tentar prejudicar nossas vidas ou ações, tanto particulares, quanto espirituais, mas não podemos nos intimidar, pois, o inferno terá que se ajoelhar diante do Rei da Glória.



A possessão demoníaca causa mudanças na pessoa como:


1. Mudança de personalidade: Catatonia; Violência e acesso de fúria; Subir em árvores como animal; Choros; Bramidos; Cuspe; Gritos e berros; Tosse; Tremedeiras; Latidos; Rastejar como cobra; Zombaria e Orgulho.
 2. Mudança física: Afeta a voz; Babas; Sintomas epilépticos; Olhos vidrados e parados
 3. Mudança mental: Capacidade anormal – telepatia, levitação, premonição, línguas desconhecidas (xenoglosia – muito parecido com a língua dos anjos).
 4. Mudança espiritual: reage com violência à confissão da Palavra, Louvor, Oração.


Como saber se uma pessoa está sofrendo influências demoníacas? ( opressão, depressão, possessão etc. ):


No aspecto espiritual:
1.     Oposição ao Evangelho
2. Fechado à ação do Espírito
3. Descrença absoluta
4. Dureza de coração
5. Falta de paz interior
6. Farisaísmo religioso
7. Fanatismo
8. Superstição
9. Idolatria
10. Mediunidade


No aspecto psicológico:
1.    Nervosismo
2.    Medo
3.    Insônia
4.    Desejo de suicídio
5.    Abrasamento sexual
6.    Desequilíbrio emocional
7.    Depressão
8.    Ressentimento
9.    Ódio
10. Mágoa
11.  Mania de perseguição
12. Ira
13. Mau humor constante e repentino
14. Comportamento irracional
15. Más ações contínuas
16. Hábitos escravizadores (vícios)
17. Compulsões
18. Sonhos e pesadelos horríveis repetidos
19. Doenças psíquicas
20. Desejo compulsivo de amaldiçoar
21. Repulsa contra a Bíblia
22. Sentir-se perturbado
23. Dúvidas aterradoras sobre a salvação
24. Adivinhação

No aspecto físico:
1.    Dores de cabeça constante
2.    Desmaios e convulsões
3.    Problemas no útero e ovários
4.    Problemas nos rins e vias urinárias
5.    Pontadas no corpo
6.    Falta de ar
7.    Dor e Peso na coluna
8.    Enjôo
9.    Sonolência
10. Insônia
11. Inchaço do corpo
12. Inchaço na cabeça
13. Alergias
14. Dores no estômago
15. Falta de apetite constante
16. Apetite mórbido
17. Gosto excessivo por doces
18. Estafa
19. Dores no ouvido
20. Enfermidade sem diagnóstico médico


Compreendendo as realidades espirituais

A Palavra de Deus nos diz em I Jo 5:19 “o mundo inteiro está no maligno” (versão Thompson). Sabemos que paralelo ao mundo físico que vemos e apalpamos existe o mundo espiritual, que rege o físico, e que as coisas antes de acontecerem no mundo físico acontecem primeiramente no espiritual. Quando entendemos essa realidade, torna-se mais fácil compreender determinadas situações que ocorrem no mundo e porque João faz essa afirmativa tão assustadora; “o mundo inteiro está no maligno”.

Antes de me converter, muitas vezes dormi chorando porque haviam as guerras, as destruições, a fome, as mortes. E eu sempre perguntava: Onde está Deus que não vê nada disso? Porque Ele não faz alguma coisa? Porque o mundo não tem paz? Se Ele que pode não faz nada, então eu não preciso de Deus.

Hoje, à medida em que fui e estou conhecendo a Palavra de Deus, entendo porque “o mundo inteiro está no maligno”.

Uma vez que vivemos ainda nesse mundo, o que precisamos, é saber guerrear continuamente contra as opressões, depressões, possessões, maldições, e tantas outras coisas que satanás tenta armar contra o povo de Deus.

 
Todos os dias convivemos com essas realidades espirituais em nossa cidade, no bairro, na rua, nos lares. Daí a necessidade de fazer um mapeamento do bairro, ungir a rua, as casas, começar a reunião com batalha espiritual; porque estão todos à postos, armados até os dentes, e prontos para atacar e trazer confusão para a célula. Não se vence uma batalha espiritual apenas se revestindo com a armadura e empunhando a espada. É preciso conhecer o inimigo, suas estratégias e seu arsenal, para contra-atacarmos com armas mais poderosas e no nome de Jesus lançar todos por terra.
 OPRESSÃO
A palavra opressão no dicionário português significa: sobrecarregar com peso, apertar, comprimir, pressão que esmaga, sufoca. Podemos ver e sentir os reflexos da opressão por toda parte, porque essa é a função dos demônios, oprimir a humanidade. A opressão é um nível de ação satânica a qual todos estamos sujeitos – cristãos e não-cristãos, em graus de intensidade diferentes. Vários personagens bíblicos passaram por opressão demoníaca.

1. Adão e Eva (Gn. 3:17)
2. O Povo de Israel ( Ex. 3:9)
3. Saul (I Sam 16:14-15)
4. O Sumo Sacerdote Josué (Zc. 3:1)
5. Pedro (Mt. 16: 21-23)
6. Jesus ( Mt. 4:1-11)
7. Judas (Jo 13:2)
8. Paulo ( II Co 12:7-10 / I Tess. 2:18)
9. Ananias e safira (At. 5:1-11)
10. Jó (Jó 1)

Não podemos ser afligidos pela opressão e desanimar. Temos que enfrentá-la e não descansar enquanto ela não cair por terra. A opressão não combatida, abre portas para a depressão e em muitos casos para a possessão demoníaca.

É preciso combater o problema na base, e várias situações são a base para que a opressão se instale:
 
1. Pecado – Quanto maior, maiores as opressões 2. A vontade do inimigo – Quanto mais frutificamos para o Reino de Deus, mais ataques o inimigo investirá contra nós. São os “dias maus”. 3. Descuido da Batalha – Não temos que Ter medo do inimigo, mas também não podemos ser negligentes com a vigilância. A oração de intercessão diária é fundamental. 4. A Vontade de Deus – Às vezes Deus permite passarmos por opressões do inimigo para nos provar e para forjar o caráter de cristo em nós.
A opressão pode se manifestar de 3 maneiras: no corpo, na alma (mente) e nas circunstâncias.
Doenças e distúrbios orgânicos: dor de cabeça, falta de ar, dor na coluna, enjôo, pontadas no corpo, sonolência, insônia, inchaço do corpo ou da cabeça, desmaios, convulsões, etc.

Entretanto, antes de afirmar que é opressão, é preciso verificar alguns aspectos importantes:

a) verificar como a enfermidade se originou;
b) se a pessoa já foi ao médico e há um diagnóstico;
c) se a atuação e a dor são constantes e inexplicáveis;
d) qual o nível de contato da pessoa com o ocultismo;
e) se alguém na família sofre a mesma enfermidade (hereditariedade);
f) se alguém lançou alguma praga e em seguida a enfermidade originou;
g) como foi o passado da pessoas, se há feridas;
h) se a pessoa guarda mágoas profundas

  Ataques violentos sobre o corpo, com queimações vinda da planta dos pés até a cabeça, com suores, tonteiras e dores na cabeça.
 Fortes compulsões para as obras da carne. Há uma ação específica de demônios por detrás de cada obra da carne.
 A mente é o maior campo de batalha entre o homem e satanás. As forças malignas tentam se aproximar o máximo de nossa mente, lançando setas para alterar nossas emoções e personalidade e tentar determinar o que devemos sentir, pensar, ser e agir. Com isso, eles tentam controlar nossa vontade própria, substituindo-as pelas deles.
 Os demônios agem nos acontecimentos que nos cercam no dia-a-dia: problemas familiares, financeiros, perseguições, amarras em geral ( o dia não rende, as coisas não acontecem e você não produz nada ) enfermidades. Tentam com isso nos abalar psicologicamente e enfraquecer nossa comunhão com Deus através desse tipo de opressão. A opressão, tanto no corpo como na alma e nas circunstâncias, se não for combatida, leva a pessoa à  depressão.
 DEPRESSÃO
A depressão é um domínio um pouco mais acentuado que a opressão, pois as forças da pessoa são minadas a tal ponto que ela começa a se entregar ao desânimo e apatia. A pessoa não quer conversar e ver ninguém ( normalmente o depressivo tem tendência a ficar sozinho num local escuro – induzido pelas forças malignas). Normalmente se não tratado, a depressão leva ao suicídio.
 
POSSESSÃO
A possessão demoníaca se dá quando um ou mais demônios se apossam e permanecem no corpo de uma pessoa, assumindo total controle da mente e do corpo. Nesse caso, a personalidade fica totalmente escravizada. É uma situação muito lamentável de se ver.

 A possessão demoníaca causa mudanças na pessoa como:
 
1. MUDANÇA DE PERSONALIDADE: Catatonia; Violência e acesso de fúria; Subir em árvores como animal; Choros; Bramidos; Cuspe; Gritos e berros; Tosse; Tremedeiras; Latidos; Rastejar como cobra; Zombaria e Orgulho.
 
2. MUDANÇA FÍSICA: Afeta a voz; Babas; Sintomas epilépticos; Olhos vidrados e parados
 
3. MUDANÇA MENTAL: Capacidade anormal – telepatia, levitação, premonição, línguas desconhecidas (xenoglosia – muito parecido com a língua dos anjos).
 
4. MUDANÇA ESPIRITUAL: reage com violência à confissão da Palavra, Louvor, Oração.

Como saber se uma pessoa está sofrendo influências demoníacas? ( opressão, depressão, possessão etc. ):.

domingo, 9 de novembro de 2014

Invocações

É extremamente desaconselhável praticar tais rituais sem ter alguma base de magia ou à esmo. Abaixo estão descritos Rituais e invocações . As Operações da Magia não estão isentas de perigos, pois temos que agir, sempre conscientemente, com base fundamentada na suprema, absoluta e infalível Vontade.
É extremamente desaconselhável fazer da Magia um passatempo, uma prova de poderes. Ninguém se diverte impunemente com os mistérios da vida e da morte, e tudo em Magia deve ser tratado com seriedade e com a maior reserva.
Nunca ceda ao desejo de convencer os outros pelas Operações Mágicas. Isso porque os efeitos mais surpreendentes nunca seriam suficientes como provas para as pessoas não-Iniciadas. Mostrar prodígios para alguém ou acreditar na Magia é, para o Iniciado, tornar-se indigno ou incapaz da Magia.
Não se vanglorie com as obras que operou. A Tradição sempre recomenda o silêncio dos doentes que são curados; e, se este silêncio for guardado fielmente, o Iniciado nunca será crucificado antes da conclusão de toda a sua obra.
Outra precaução que nunca devemos esquecer é não fazer qualquer operação quando estivermos doentes.
O Homem verdadeiramente Homem só pode Querer o que deve, razoável e justamente, fazer. Por isso, impõe silêncio aos desejos e ao seu temor, para escutar a voz da Razão, no silêncio absoluto.
Um Homem assim é um rei natural e um sacerdote espôntaneo para as multidões errantes. É por isso que o objeto da Iniciação se chama, desde as antigas Iniciações, Arte Sacerdotal ou Arte Real. Para praticar a Magia, só será considerado um verdadeiro Mago se se puser acima de todas as fraquezas da Natureza.

As invocações não deixam de ser um tipo de oração mais complexo, e sua prática aumenta, e muito, nosso contato com as forças ocultas da Natureza. Logo abaixo, uma Invocação mais completa, mas dedicada a quem já conhece um pouco sobre Magia Prática. E logo depois, uma Invocação simples, mas de ótimos resultados para todas as pessoas, Iniciadas ou não em Magia.

INVOCAÇÃO DOS QUATRO CANTOS
"O Iniciado, aponderando-se do pensamento, que produz as diversas formas, se torna senhor das formas e as faz servir ao seu uso." O Ar, a Água, a Terra e o Fogo (formas elementais) separam e especificam, por uma espécie de esboço, os espíritos criados no Moviento Universal Inteligente. Evocando os Elementos, entramos em contato com toda parte, pois o Espírito elabora e fecunda a matéria pela vida; toda matéria é animada; o pensamento e a Alma estão em toda parte. Para evitarmos as interferências dos fenômenos provocados pelos Elementais, temos que possuir a Vontade mais poderosa, a fim de dominarmos, por uma elevada razão e uma grande severidade, as correntes invisíveis que podem ser ocasionadas. Para isso, não podemos ter medo da água, pois necessitamos dominar as Ondinas. Não teremos medo do fogo, porque ordenaremos às Salamandras. Não nos abrigaremos dos ventos, nem teremos medo de alçar às alturas, porque dominaremos os Silfos e os Gênios. E não temeremos os elementais da Terra, porque os espíritos inferiores só obedecem a um poder que lhes provamos. Mostramo-nos seus Senhores até no seu próprio elemento. Com a Ousadia e o Exercício, conquistamos o Poder incontestavél, impondo aos Elementos o Verbo Puro da nossa Vontade por Consagrações especiais para o Ar, ao Fogo, à Água e à Terra. Este é o começo indispensável de todas as operações Mágicas. Mas antes, com o Sinal Mágico, da cruz, é preciso vencê-los nas suas forças, sem nunca se deixar subjulgar pelas nossas fraquezas e pelas "fraquezas" deles. Sabemos que a cruz surgiu muito antes do Cristianismo e a ele não pertence exclusivamente. Para nós, representa as oposições e o equilíbrio quaternário de todos os elementos. Portanto, é reservado aos Inciados o Sinal-da-Cruz em sua forma original. Esta é a maneira correta; ao longo dos anos, a Igreja e seus militantes profanaram os significados e simbolismos. O Iniciado leva a mão à testa e diz: -A TI PERTENCEM... Leva a mão ao peito: -O REINO... Bota a mão no ombro esquerdo: -A JUSTIÇA No ombro direito: -E A MISERICÓRDIA... Depois, com a mão direita erguida para o céu e a esquerda em direção à Terra, fala: -NOS CICLOS GERADORES! TIBI SUNT MALCHUT ET GEBURAH ET CHESED PER AEONAS. (em latim, mesmo!) Este Sinal Mágico, da cruz, deve ser feito sempre, antes e depois de qualquer desenvolvimento de Desejos, Vontades e Verbos - As operações mágicas. As consagrações e outras Evocações que estão a se encontram a seguir, foram retiradas de Grimoires de diversos autores, tais como Agrippa, Albert Le Grand, Papus e Eliphas Levi. Devemos lembrar que as orações devem ser criadas e produzidas, palavra por palavra, pelo próprio Iniciado, numa verdadeira alquimia das Vontades expressas por suas palavras. Portanto, o que você irá ler não deve ser tomado como uma "receita", e sim como um estímulo para o Iniciado buscar suas próprias palavras na expressão Pura de suas Vontades. Agora sim, podemos dar início às Consagrações (Ar e Água) e ao Exorcismo (Fogo e Terra). Consagramos o Ar soprando para os quatro quatro pontos cardeais, dizendo:


SPIRITUS DEI FEREBATUR SUPER AQUAS, ET INSPIRAVIT IN FACIEM HOMINIS SPIRACULUM VITAE. SIT MICHAEL DUZ MEUS, ET SABTABIEL SERVUS MEUS IN LUCE PER LUCEM FIAT VERBUM HALITUS MEUS; ET IMPERABO SPIRITIBUS AERIS HUJUS, ET REFROENABO EQUOS SOLIS VOLUNTATE CORDIS MEIS, ET COGITATIONE MENTIS MEAE ET NUTU OCULI DEXTRI. EXORCISO IGITUR TE, CREATURA DERIS, PER PANTAGRAMMATON ET IN NOMINE TETRAGRAMMATON, IN QUIBUS SUNT VOLUNTAS FIRMA ET FIDES RECTA. AMEN. SELA FIAT.

 Em seguida, recitamos a oração aos Silfos: Espírito de sabedoria cujo sopro dá e retoma a forma de todas as coisas. Tu, diante de quem a vida dos seres é uma sombra que muda e um vapor que passa. Tu, que sobes às nuvens e que caminhas nas asas dos ventos. Tu, que expiras, e os espaços sem fim são povoados.Tu, que aspiras, e tudo o que de ti vem a ti volta: movimento sem fim na estabilidade eterna, sê eternamente bendito. Nós te louvamos e te bendizemos no império móvel da luz Criada, das sombras, dos reflexos e das imagens, e aspiranmos, incenssamente, à tua imutável e imperecível claridade. Deixa penetrar até nós o raio de tua inteligência e o calor do teu amor: então o que é móvel ficará fixo, a sombras será um corpo, o espírito do ar será uma alma, o sonho será um pensamento. E nós não seremos mais arrastados pela tempestade, porém seguraremos as rédeas dos cavalos alados da manhã e dirigiremos o curso dos ventos da tarde, para voarmos diante de ti. Ó Espírito dos espíritos, ó alma eterna das almas, ó sopro imperecível de vida, ó suspiro criador, ó boca que aspiras e expiras a exitência de todos os entes, no fluxo e refluxo da tua eterna palavra, que é oceano divino do movimento e da verdade. Amém. Consagramos, depois a água pela imposição das mãos e pelo sopro das palavras:

 FIAT FIRMAMENTUM IN MEDIO AQUARUM ET SEPARET AQUAS AB AQUIS, QUAE SUPERIUS SICUT INFERIUS, ET QUAE INFERIUS SICUT QUAE SUPERIU, AD PERPETRANDA MIRACULA REI UNIUS. SOL EJUS PATER EST, LUNA MATER ET VENTUS HANC GESTAVIT IN UTERO SUO, ASCENDIT A TERRA AD COELUM ET RURSUS A COELO IN TERRAN DESCENDIT. EXORCISO TE CREATURA AQUAE, UT SIS MIHI SPECULUM DEI VIVI IN OPERIBUS EJUS, ET FONS VITAE, ET ABLUTIO PECCATORUM. AMEN. 


Seguimos, então, com a Oração das Ondinas:
Rei do terrível mar, vós que tendes as chaves das cataratas do céu, e que encerrais as águas subterrâneas nas cavernas da Terra. Rei do dilúvio e das chuvas da primavera, a vós que ordenais à umidade, que é como que o sangue da Terra, de tornar-se seiva das plantas, nós vos adoramos e vos invocamos. A nós, vossas móveis e variáveis criaturas, falai-nos nas grandes comoções do mar, e tremeremos diante de vós. Falai-nos também do murmúrio das límpidas águas, e desejaremos o vosso amor. Ó imensidão na qual vão perder-se todo os rios do ser, que sempre renascem em vós! Ó oceano das perfeições infinitas! Altura de que vos mirais na profundidade. Profundidade que exalais na altura, levai-nos à verdadeira vida pela inteligência e pelo amor! Levai-nos à imortalidade pelo sacrifício, a fim de que sejamos dignos de vos oferecer, um dia, a água, o sangue e as lágrimas, pela remissão dos erros. Amém.

Para exorcizarmos o Fogo, jogamos sal e pronunciamos três vezes os três nomes dos gênios do fogo: Miguel, rei do Sol e do raio; Samael, rei dos vulcões; e Anael, príncipe da Luz Astral. A seguir, recitamos a oração das Salamandras:
Imortal, eterno, inefável e incriado pai de todas as coisas, que és levado no carro sem cessar rodante dos mundos que giram sempres. Dominador das imensidades etéreas, onde estás ereto no trono do teu poder, de cima do qual teus olhos formidáveis descobrem tudo e teus belos e santos ouvidos escutam tudo, atende aos teus filhos, que amaste desde o nascimento dos séculos; porque a tua dourada, grande e eterna majestade resplandece acima do mundo e do céu das estrelas; estás elevado acima delas, ó fogo faíscante. Aí, tu te acendes e te conservas a ti mesmo pelo teu próprio esplendor, e saem da tua essência regatos inesgotáveis de luz, que nutrem teu espírito infinito. Este espírito infinito alimenta todas as coisas e faz este tesouro inesgotável de substância sempre pronta à geração que elabora e que se aprimora das formas de que a impregnaste desde o princípio. Deste espírito tiram também sua origem estes reis mui santos que estão ao redor do teu trono e que compõem a tua corte, ó pai universal! Ó único! Ó pai dos felizes mortais e imortais.
Criaste, em particular, potências que são, maravilhosamente, semelhantes ao teu eterno pensamento e à tua essência adorável. Tu as estabeleceste superiores aos anjos, que anunciam ao mundo as tuas Vontades. Enfim, nos criaste na terceira ordem no nosso império Elemental. Aqui, o nosso contínuo exercício é louvar e adorar os teus desejos.
Aqui, ardemos, incessantemente, aspirando possuir-te. Ó pai! Ó mãe! Ó mais terna das mães! Ó arquétipo admirável da maternidade e do puro amor! Ó filho, flor dos filhos! Ó forma de todas as formas, alma, espírito, harmonia e número de todas as coisas! Amém.

A seguir, passamos a exorcisar a Terra:
Rei invisível, que tomastes a Terra para apoio e que cavastes os seus abismos para enchê-los com a vossa onipotência. Vós, cujo nome faz tremer as abóbodas do mundo, vós que fazeis correr os sete metais nas veias da pedra, monarca das sete luzes, remunerador dos operários subterrâneos, levai-nos ao ar desejável e ao reino da claridade. Velamos e trabalhamos sem descanso, procuramos e esperamos, pelas doze pedras da cidade santa, pelos talismãs que estão escondidos, pelo cravo de imã que atravessa o centro do mundo. Senhor, tende piedade dos que sofrem, desabafai os nossos peitos, desembaraçai e elevai nossas cabeças, engrandecei-nos. Ó estabilidade e movimento. Ó dia envolto de noite, ó obscuridade coberta de luz! Ó Senhor, que nunca retende convosco o salário de vossos trabalhadores! Ó brancura cristalina, ó esplendor dourado! Ó coroa de diamantes vivos e melodiosos! Vós que levais o céu no vosso dedo, como um anel de safira, vós que escondeis embaixo da Terra, no reino das pedrarias, a semente maravilhosa das estrelas, vivei, reinai e sede o eterno dispensador das riquezas que nos fizeste guardas. Amém. 



Estas são as relações de todos os Elementais na composição Univesal, com seus respectivos soberanos:
Gob, para os Elementais da Terra;
Djin, para as Salamandras;
Pralda ou Peralda, para os Silfos; e
Niksa ou Nikse, para as Ondinas. 


Reinos-Oriente leste, Meridiano sul, Ocidente oeste, Septembrine norte

Gênios-Silfos, Salamandras, Ondinas, Elementais

Influencias-Biliosos, Sanguineos, Fleumaticos, Melancolicos

Signos-Águia, Leão, Aquário, Touro

Instrumento Mágico-Pentaculo ou Punhal, Tridente ou Vela Taca Espada ou Moeda
CONJURAÇÃO DOS QUATRO
Quando os espíritos Elementais nos atormentam, ou nos inquietam, pronunciamos em voz alta a Conjuração dos Quatro:
 


 CAPUT MORTUUM IMPERET TIBI DOMINUS PER VIVUM ET DEVOTUM SERPENTEM.
CHERUBM, IMPERET TIBI DOMINUS PER ADAM IOTCHAVAH!
AGUILA ERRANS, IMPERET TIBI DOMINUS PER ALAS TAURI.
SERPENS, IMPERET TIBI DOMINUS TETRAMMATON PER ANGELUM ET LEONEM!
MICHAEL, GABRIEL, RAPHAEL, ANAEL!
FLUAT UDOR PER SPIRITUM ELOHIM.
MONEAT TERRA PER ADAM IOT-CHAVAH.
FIAT FIRMAMENTUM PER IAHUVEHU-ZEBOATH.
FIAT JUDICUM PER IGNEM IN VIRTUDE MICHAEL.


Anjo de olhos mortos, obedece, ou escorre-te com esta água santa.
Touro alado, trabalha ou volta à Terra, se não queres que te aguilhoe com esta espada.
Águia acorrentada, obedece a este signo, ou retira-te diante deste sopro.
Serpente móvel, arrasta-te a meus pés, ou seja atormentada pelo fogo sagrado e evapora-te como os perfurmes que queimo nele.
Que a água volte à águal. Que o fogo queime. Que o ar circule. Que a terra caia na Terra, pela virtude do Pentagrama, que é a estrela da manhã, e em nome do Tetragrama, que está escrito no centro da cruz luminosa. Amém. É desta maneira que o Iniciado fica pronto e ativo como os Silfos, flexível e atento às imagens como as Ondinas, enérgico e forte como as Salamandras, laborioso e paciente como os Elementais da Terra. CUIDADOS

INVOCAÇÃO SIMPLES
Tenha consigos o seguintes materiais (serão utilizados na representação dos Elementais da Natureza).
- 1 moeda antiga (para o elemento Terra)
- 1 cálice ou taça com água mineral até a borda (para o elemento Água)
- 1 incenso de sua preferência (para o elemento Ar)
- 1 vela branca (para o elemento Fogo)
Faça uma cruz no chão, representando os pontos cardeais: Norte, Sul, Leste e Oeste.
Coloque a moeda no ponto marcando Norte; o cálice com a água no ponto Oeste; o incenso (de preferência em um incensário) no ponto marcado por Leste e finalmente, no ponto Sul coloque a Vela Branca.
Faça uma oração qualquer (a que você mais goste), antes de começar a invocação.
Primeiramente, pegue a moeda na mão e segure-a firmemente, dizendo: "EU (seu nome) SAÚDO A TERRA, A NATUREZA, TODOS OS SEUS ELEMENTOS E A SUA FORÇA. EU AGRADEÇO POR TUDO QUE A TERRA ME PRESENTEIA TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA. PEÇO QUE A ENERGIA DA TERRA ESTEJA SEMPRE PRESENTE E ME TRAGA CORAGEM, ESTÍMULO, DISCIPLINA, CONFORTO, ESTABILIDADE E SAÚDE. EU PEÇO A TERRA QUE, REPRESENTADA POR ESTA MOEDA, ME PROTEJA E ME AJUDE SEMPRE. ASSIM SEJA."
Coloque a moeda de volta no lugar. Em seguida, ergua o cálice (ou taça) de água para o céu e diga: "EU (seu nome) SAÚDO TODOS OS ELEMENTAIS E AS DEUSAS DA ÁGUA. AGRADEÇO À ÁGUA POR TODA A ÁGUA EXITENTE NO PLANETA, PELA ÁGUA QUE BEBO E DE QUE NECESSITO PARA VIVER. PEÇO AO ELEMENTO ÁGUA INTUIÇÃO, CLAREZA, VISÃO, ENERGIA, FORÇA MÁGICA. EU PEÇO QUE A ÁGUA CONTIDA NESSA TAÇA ME PROTEJA E ME AJUDE SEMPRE. ASSIM SEJA."
Coloque a taça com a água no lugar. Depois, acenda o incenso e espalhe sua fumaça pelo ar, dizendo: "EU (seu nome) SAÚDO E INVOCO TODOS OS ELEMENTAIS DO AR. AGRADEÇO PELO AR QUE RESPIRO, PELOS VENTOS, PELA INTELIGÊNCIA, PELA CRIATIVIDADE, PELAS MINHAS VIRTUDES RACIONAIS. PEÇO AO ELEMENTO AR CAPACIDADE DE RACIOCÍNIO, CLAREZA DE IDÉIAS, CONDIÇÃO DE CRIAR E SER FELIZ. EU PEÇO QUE A FUMAÇA DESTE INCENSO QUE SE DESPRENDE NO AR ME PROTEJA E ME AJUDE SEMPRE. ASSIM SEJA."
Novamente, coloque o incenso no seu lugar. Agora é a vez da vela. Acenda-a e diga: "EU (seu nome) SÁUDO E INVOCO TODOS OS ELEMENTAIS DO FOGO. PEÇO A INTUIÇÃO SAGRADA E A ENERGIA CURATIVA E CRIADORA DO FOGO. AGRADEÇO AO FOGO PELA VIDA. EU PEÇO QUE O CALOR QUE SE DESPRENDE DA CHAMA DESTA VELA SIVAM PARA OS MAIS NOBRE FINS, BEM COMO NA MINHA PROTEÇÃO E CUIDANDO DE MIM, ENQUANTO EU VIVER. ASSIM SEJA."
Agora, que a invocação chegou ao fim, você deve tomar os seguintes procedimentos: a moeda, servirá como um amuleto de proteção e auxílio, então leve-a sempre carregue-a consigo; tome a água do calice. Essa água, que fez parte da invocação, ajuda nas realizações mágicas (feitiços ou dicas mágicas) que você realizará. Já o incenso e a vela, deixe-os queimar até o fim. O que sobrar (o pó do incenso e a cera derretida da vela) é para ser jogado em um jardim ou água corrente.

INVOCAÇÃO PARA OS ANJOS E ARCANJOS

(Para eliminar problemas e obstáculos)
Anjos do amor, Anjos da Paz,
Apelamos por vós;
Anjos da beleza, Anjos da misericórdia,
Vossa perfeição nos liberta.Anjos da consolação do Raio Rosa,
Anjos da cura, vinde todos.
Anjos da bondade e da Bem-Aventurança,
Estamos prontos a servir!

Nome do Anjo da Guarda:………………………………
Nome do Anjo Guarda-costas………………………..
Nome da Veladora Silenciosa do Lar……………………..
ARCANJO MIGUEL:
PRÍNCIPE GUARDIÃO E GUERREIRO DEFENDEI-ME E PROTEGEI-ME COM VOSSA ESPADA, NÃO PERMITINDO QUE NENHUM MAL ME ATINJA. PROTEGEI-ME CONTRA ASSALTOS, ROUBOS, ACIDENTES E QUAISQUER ATOS DE VIOLÊNCIA. LIVRAI-ME DE PESSOAS NEGATIVAS, ESTENDEI VOSSO ESCUDO DE PROTEÇÃO SOBRE O MEU LAR E MEUS FAMILIARES. GUARDAI MEU TRABALHO, OS MEUS NEGÓCIOS E MEUS BENS. TRAZEI-ME A PAZ E A HARMONIA

ARCANJO RAFAEL:
GUARDIÃO DA SAÚDE E DA CURA, PEÇO QUE VOSSOS RAIOS CURATIVOS DESÇAM SOBRE MIM, DANDO-ME SAÚDE E CURA. GUARDAI MEU CORPO FÍSICO E MENTAL, LIVRANDO-ME DE TODAS AS DOENÇAS. EXPANDINDO VOSSA BELEZA CURATIVA EM MEU LAR, A MEUS FAMILIARES, NO TRABALHO QUE EXECUTO E PARA AS PESSOAS COM QUEM CONVIVO DIARIAMENTE. AFASTAI A DISCÓRDIA E AJUDAI A SUPERAR OS CONFLITOS. TRANSFORMAI MINHA ALMA E MEU SER PARA QUE EU POSSA SEMPRE REFLETIR A VOSSA LUZ

ARCANJO GABRIEL
PORTADOR DAS BOAS NOVAS, DAS MUDANÇAS, DA SABEDORIA E DA INTELIGÊNCIA, ARCANJO DA ANUNCIAÇÃO, TRAZEI-ME TODOS OS DIAS MENSAGENS BOAS E OTIMISTAS. FAZEI COM QUE EU TAMBÉM SEJA MENSAGEIRA, PROFERINDO SOMENTE PALAVRAS E ATOS DE BONDADE E POSITIVISMO, CONCEDEI-ME O ALCANCE DE MEUS OBJETIVOS.
QUERIDOS ARCANJOS MIGUEL, RAFAEL E GABRIEL, QUE O CÍRCULO DA LUZ E PROTEÇÃO QUE EMANAM DE VÓS ME CUBRA E CUBRA TAMBÉM A MINHA FAMÍLIA, OS MEUS BENS E TODA A HUMANIDADE. QUE ASSIM SEJA ! AMÉM !
Giroscópio dos Arcanjos
São Miguel a frente
Jofiel atrás
Chamuel a direita
Gabriel a esquerdaRafael a cima
Uriel abaixo
Zadquiel no meu coração
transformando toda escuridão [3x]

FENÔMENO ELETRÔNICO DE VOZ (F.E.V.) "Capturando as Vozes do Além"

"Quais mistérios existem por trás das comunicações reaalizadas de diversas formas pelos dos seres do "Além" para as pessoas deste mundo, e quais seriam suas intenções com esses macabros contatos?"

O QUE É O FENÔMENO ELETRÔNICO DE VOZ (F.E.V.)?

O F.E.V. (Fenômeno Eletrônico de Voz) é a gravação de vozes do outro mundo em fitas cassete, gravadores de rolo e outros equipamentos de gravação. Uma expressão mais recente para o fenômeno, Transcomunicação Instrumental (TCI), se refere especificamente à maneira pela qual as vozes são gravadas usando tecnologia.
Muitas das pessoas que gravam regularmente essas vozes dizem que elas são de espíritos, espíritos com vozes de homens, mulheres e crianças que morreram e tentam se comunicar do além-túmulo.
Como os espíritos não possuem mais um corpo com cordas vocais, eles não podem realmente "falar".
Em vez disso, diz a teoria, eles usam sua energia para manipular eletronicamente o som de uma forma que se assemelha à voz falada.
As vozes raramente são ouvidas durante a gravação, mas somente durante a reprodução.
Elas podem ser faladas tão baixo que mal podem ser ouvidas, ou tão distorcidas que precisam ser ouvidas várias vezes para se determinar seu significado.
As palavras podem estar em qualquer idioma, e até mesmo estar em uma combinação de idiomas (chamada poliglota).
Às vezes, a voz responde a perguntas ou se dirige diretamente ao pesquisador.
Ela pode chamar a pessoa pelo nome ou mencionar algo muito pessoal para o pesquisador.
Algumas vezes, a voz soa como se estivesse cantando.
Os pesquisadores classificam as gravações com base em sua audibilidade:
  • classe A - as vozes estão muito claras e facilmente compreensíveis;
  • classe B - as vozes são razoavelmente altas e claras e algumas vezes audíveis sem fones de ouvido;
  • classe C - as vozes são faladas muito baixo e freqüentemente indecifráveis.
Independentemente de quão clara é a gravação, as vozes raramente falam por mais de uns poucos segundos de cada vez.
Os pesquisadores gastam horas ouvindo várias vezes para decifrar o significado por trás de apenas alguns segundos de som.
 A HISTÓRIA DO FENÔMENO ELETRÔNICO DE VOZ (F.E.V.)
 Muitos foram os que consumiram tempo e energia à procura de provas da existência de fantasmas: cientistas, pesquisadores da paranormalidade e caça-fantasmas.
A maioria labutou em silêncio e na obscuridade. Mas quando a caça aos fantasmas capturou as atenções de um gênio científico, cujos feitos incluíam a introdução da luz elétrica e a invenção do fonógrafo, o mundo inteiro apurou os ouvidos.
Edison, ao que parece, pretendia trabalhar em um aparelho que os fantasmas pudessem utilizar para se comunicar com os vivos.
Não que Edison admitisse acreditar em fantasmas.
Seu desejo, disse ele a um repórter em 1920, era simplesmente construiu um aparelho que daria aos espíritos, caso existissem, “uma oportunidade melhor de se expressar do que inclinando mesas, dando batidinhas, usando médiuns ou outros desses métodos primitivos tidos como os únicos meios de comunicação.”
Nas palavras do próprio Thomas Edison, “o aparelho seria tão sensível que o menor sinal por ele captado se amplificaria muitas vezes, tornando-se tão valioso ao pesquisador da paranormalidade quanto um microscópio para o cientista”.
Se o idoso Edison tinha ficado senil, como muitos céticos sem dúvida imaginaram, ou se estava decidido a obter para a pesquisa psíquica um lugar de respeito na comunidade científica, não se sabe.
Seu aparelho para entrar em contato com os fantasmas continuava envolto em sigilo, talvez mal-sucedido, quem sabe incompleto, por ocasião de sua morte, em 1931.
A teoria dele, porém, foi adotada e alguns diriam provada acidentalmente em 1950 por um pintor, músico e produtor de cinema chamado Friedrich Jürgenson, russo de nascimento.
Jürgenson, que morava nos arredores de Estocolmo, tinha saído para registrar o canto de pássaros com seu gravador. Na volta, ao tocar a gravação, percebeu – misturado ao canto dos passarinhos – algo que lhe pareceu serem vozes humanas falando em sueco e norueguês.
Embora as vozes parecessem estar conversando a respeito dos trinados, Jürgenson pensou a princípio ter gravado uma transmissão de rádio extraviada. Mas gravações subseqüentes continham sons que ele interpretou como sendo mensagens de amigos e parentes mortos.
Essas ditas comunicações eram faladas muito rápido e com uma cadência peculiar, desconhecida ao ouvido.
Jürgenson repetiu a experiência durante alguns ano, gravando sons espectrais tanto dentro quanto fora de casa.
Em 1964 publicou suas descobertas em um livro intitulado “Vozes do Universo”.
Isso intrigou alguns cientistas, entre eles Konstantin Raudive, nascido na Letônia, parapsicólogo e ex-professor de psicologia, que morava na Suécia. Raudive pediu a Jürgenson que pusesse algumas fitas para ele e alguns colegas ouvirem.
Jürgenson concordou prontamente e também gravou uma fita na presença deles, interpretando as vozes para o grupo.
Raudive abraçou imediatamente a descoberta de Jürgenson, que para ele significava uma oportunidade de provar, por meios empíricos científicos, que havia alguma forma de vida depois da morte física.
Os dois trabalharam em conjunto pesquisando as chamadas vozes eletrônicos até 1969, quando divergências os levaram a se separar.

Raudive continuou investigando o fenômeno, usando um gravador normal de rolo para fazer mais de 10 mil gravações.
Às vezes ele adaptava seu equipamento ao rádio, acreditando que era possível detectar vozes nos espaços entre uma freqüência e outra. Raudive dizia reconhecer muitas das vozes que ouvia nas fitas e algumas delas teriam até se identificado.
Entre seus supostos contatos estariam Adolf Hitler, Carl Jung e Johann Wolfgang Von Goethe.
Um apanhado amplo do trabalho de Raudive, que incluía até um disco pequeno contendo amostras das supostas vozes, foi publicado em 1968. Pouco tempo depois, Raudive afirmou ter sido visitado por engenheiros da NASA, o órgão norte-americano encarregado de pesquisas aeroespaciais.
Os visitantes não quiseram dizer o porquê do interesse pelo projeto, informou Raudive, mas examinaram suas experiências e fizeram “perguntas inusitadamente pertinentes”.

O livro também despertou o interesse de muitos céticos sobre o que veio a ser chamado de as “vozes de Raudive”.
Alguns as descartaram como sendo uma interpretação imaginativa de estática de rádio ou do zumbido de um gravador, enquanto outros acreditavam que Raudive tinha confundido fragmentos de transmissões radiofônicas em outras línguas com espíritos sussurrantes.
Inabalável, Raudive continuou a pesquisar até a sua morte, em setembro de 1974.
Durante uma conferência sobre paranormalidade realizada dez dias depois, na Alemanha, instalou-se um gravador, talvez o fantasma de Raudive decidisse fornecer o que não pudera em vida, uma prova da existência do espírito.
Embora alguns tenham afirmado ter ouvida a voz de Raudive na fita, não veio nenhuma revelação coerente do mundo dos espíritos.
O instigante legado de Raudive, Jürgenson e Edison está agora nas mãos dos pesquisadores contemporâneos que continuam buscando, por meios eletrônicos, uma comunicação com os mortos.
 

COMO O F.E.V. É GRAVADO?

As pessoas que estudam o F.E.V. usam diversos tipos de dispositivos para gravar os sons.
Eles podem usar gravadores de fita cassete, de rolos à moda antiga ou gravadores digitais mais modernos.
A maioria dos pesquisadores diz que o custo do gravador não é importante, e que gravadores baratos funcionam tão bem quanto os mais caros, mas isso não é verdade, pois os modêlos mais caros e naturalmente mais sofisticados, possuem uma sensibilidade maior para captação e tratamento dos sinais gravados do que os modêlos mais simples.

Durante o processo de gravação, é instalado um microfone externo no gravador, com cabo suficiente para evitar captar o próprio som do gravador.
O microfone externo também possibilita que o pesquisador grave seus próprios comentários durante o processo.
Fones de ouvido são usados freqüentemente porque muitas das vozes são baixas e difíceis de ouvir de outro modo.
Jennifer Lauer, diretora e fundadora do Southern Wisconsin Paranormal Research Group, é chamada regularmente por proprietários de empresas e casas para documentar atividades paranormais. Ela descreve o processo de gravação usado por sua equipe:
Vamos até o local e entrevistamos as testemunhas e descobrimos o que está acontecendo, o que eles estão vendo e ouvindo.
Também fazemos leituras de equipamentos para assegurar que o que eles estão sentindo não é um um campo eletromagnético ou ondas de rádio.
O Gravador de Rolo é um tipo de equipamentos utilizado para gravação de F.E.V.
Gravamos o F.E.V. de duas maneiras diferentes, dependendo do tipo de assombração que parece ser. O F.E.V. pode ser um tipo de energia residual. Ele pode ser uma amostra do que aconteceu em algum momento e que se reproduz como um filme.
Se for uma assombração residual, deixamos o gravador em uma sala para ver se captamos alguma coisa.
Com uma assombração inteligente [o que significa que um espírito real está presente], podemos fazer perguntas porque sabemos que poderemos obter respostas. Nós nos sentamos em um grupo de 4 a 6 pessoas.
Colocamos o gravador em uma posição central em relação a todos nós.
Um por um, fazemos uma pergunta a quem quer que esteja na sala.
Depois das perguntas, permanecemos cerca de 20 segundos em silêncio para que ela possa ser respondida e então a próxima pessoa faz outra pergunta.
Depois de fazer a gravação, os pesquisadores ouvem a fita várias vezes, prestando atenção a qualquer som que se assemelhe a uma voz. Eles podem usar um computadorpara analisar quaisquer vozes que surjam.
Aqui está um exemplo do processo analítico usado em "The Ghost Investigators Society" (A Sociedade de Investigadores de Fantasmas):
Os pesquisadores também podem usar um software para tornar o som gravado mais audível.
"Eu uso o software para remover o ruído de fundo, reforçar a intensidade de suas vozes ou remover sons de cliques ou chiado da gravação", explica Dave Oester, Ph.D., co-fundador da International Ghost Hunters Society (Sociedade Internacional dos Caçadores de Fantasmas).
"Alguns F.E.V. não requerem nenhuma filtragem, são muito claros.
As vozes do F.E.V. são cheias de emoções e nunca são monótonas."
Quando usam um gravador de fita cassete ou de rolos muito silencioso, os pesquisadores freqüentemente usam o ruído de um ventilador, estática de rádio ou murmúrios de vozes pré-gravadas, geralmente em um idioma estrangeiro, durante a reprodução, porque dizem que o ruído de fundo ajuda as vozes a se formarem na fita. A teoria é de que o comunicador traduz o ruído em palavras.

Possessão Demoníaca em Escala Nacional

Demonstraremos que a possessão demoníaca de uma grande parte da população de um país é possível; detalharemos as várias portas que uma pessoa pode abrir e permitir a entrada de demônios em sua vida. Após descrevermos quais são essas portas, você perceberá que a vasta maioria da população do nosso país está permitindo a possessão por demônios.
A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado
É possível que toda a população de um país seja possessa por demônios? Talvez devamos refazer a pergunta: É possível que toda a população de pessoas não-salvas de um país seja possessa por demônios? Demonstraremos que esse quadro tenebroso não somente é possível, mas que também está ocorrendo na sociedade atualmente!
Antes de iniciarmos, vamos examinar alguns fatos bíblicos pertinentes:
1) Deus vê uma nação como o coletivo da maioria das pessoas que vivem naquele país. Portanto, a moralidade individual é criticamente importante para uma nação, especialmente à medida que esse tipo de moralidade passa a ser a posição da maioria. Deus avalia a moralidade de uma nação com base na moralidade da maioria das pessoas que vivem ali;
2) Tanto isso é verdade, que Deus está muito preocupado com a moralidade das nações. Vemos esse fato bíblico muito claramente no Antigo Testamento. Uma vez que a moralidade da maioria da população de Sodoma e Gomorra tornou-se totalmente réproba, Deus atribuiu esse rótulo àquelas cidades-estados e elas foram destruídas. Deus enviou o profeta Jonas à poderosa cidade de Nínive, para advertir a população e exortá-la ao arrependimento, pois caso contrário, seria destruída em um julgamento físico. Sob a liderança do seu rei, o povo de Nínive se arrependeu e se livrou da destruição física. No entanto, a história registra que, 120 anos mais tarde, o povo de Nínive voltou a praticar as mesmas impiedades que seus antepassados no tempo de Jonas, e dessa vez Deus destruiu aquele império. Finalmente, Deus advertiu Israel sobre sua impiedade por aproximadamente 150 anos antes de enviar Nabucodonosor, rei de Babilônia, para destruir militarmente a nação e levar a maior parte da população sobrevivente para trabalhar como escravos em seu reino;
3) Portanto, importa e muito o que as pessoas fazem na "privacidade do seu lar", nas salas de estar, nos quartos e em suas vidas;
4) As pessoas hoje estão mal informadas sobre a realidade da Guerra espiritual que ocorre à nossa volta. A situação ficou tão ruim que Satanás pode arrastar muitas pessoas, puxando-as pelos narizes e elas não o reconhecem pelo que ele é!
Uma das coisas que agradeço a Deus é pelas pessoas que ele colocou no meu ministério para me ajudar a compreender as pessoas e organizações que estão levando este mundo para os braços do Anticristo. Deus colocou um ex-membro dos Filhos Universais de Deus neste ministério, um ex-satanista Iluminista, vários ex-católicos, e diversos ex-maçons. Como resultado, minha compreensão de todo o sistema ocultista que está sendo armado contra as nações e instituições deste mundo para colocá-las sob o domínio do Anticristo, foi muito clarificada.
Da mesma forma, sou devedor a uma médica cujo ministério é com ex-satanistas que saíram da "arte" por terem se convertido a Jesus Cristo, pela compreensão específica de como uma pessoa pode atrair a possessão ou a aflição demoníaca. Essa autora é a Dra. Rebecca Brown, em seu livro Vaso para Honra, editora Danprewan, tradução de César de Azevedo Gil, 293 páginas [leia a resenha]. Estou ciente que essa autora tem grandes problemas com sua teologia. No entanto, ela descreve o satanismo muito bem; confirmei as informações com o ex-satanista Doc Marquis, que hoje é um cristão nascido de novo. Portanto, quando eu citar o material da Dra. Rebecca Brown, estarei somente recorrendo ao seu conhecimento detalhado do satanismo e de suas práticas, mas sem apoiá-la em sua teologia.
Se você não acredita em guerra espiritual, terá dificuldade em aceitar o assunto tratado neste artigo. Talvez você deva fazer uma leitura bíblica primeiro, para se preparar para os fatos apresentados pela Dra. Brown. Nós o encorajamos a ler estas passagens nas Escrituras:
1) 2 Reis 6:8-17 — Nesta passagem, o rei da Síria envia um grande exército para capturar e matar o profeta Eliseu. Na manhã seguinte, o servo de Eliseu sai de casa e vê o grande exército sírio cercando toda a cidade em que Eliseu estava residindo. Em pânico, o servo grita para Eliseu dizendo que eles estão perdidos. Eliseu diz uma coisa que deve ter feito o servo pensar que ele estava louco. Ele disse: "Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles." [verso 16] Eliseu sabia que o servo não tinha entendido bem o que ele queria dizer e orou pedindo que Deus abrisse os olhos do rapaz, para que ele visse o exército de Deus. Imediatamente, o servo passou a enxergar o mundo espiritual e viu "o monte cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu." [verso 17].
É precisamente sobre esse tipo de guerra espiritual que a Dra. Brown fala. Na verdade, ela diz que, para a maior parte das pessoas envolvidas no ocultismo, a principal motivação para se envolver tanto, é o desejo de ver o mundo espiritual. No entanto, Deus proíbe essa atividade; 
2) Daniel 10 — Todo o capítulo nos dá uma visão sobre o mundo espiritual, e uma melhor compreensão da guerra espiritual que está ocorrendo todos os dias nas regiões celestiais, no espaço sideral e na atmosfera da Terra. Neste capítulo, Daniel está orando a Deus para que lhe dê maior compreensão das profecias sobre o futuro de Israel. Daniel orou e jejuou parcialmente por "três semanas inteiras". No vigésimo-primeiro dia após começar a orar, um anjo veio até ele com a resposta de Deus. Esse anjo disse a Daniel que tinha sido enviado com a resposta à oração desde o primeiro dia em que ele começou a orar. No entanto, o anjo fora interceptado e atacado por um demônio muito poderoso, identificado como "Príncipe da Pérsia". Esse demônio era tão poderoso que o anjo santo de Deus precisou pedir ajuda ao arcanjo Miguel, o protetor pessoal de Israel, para enfrentar e derrotar aquele demônio. Em seguida, após terminar de dar às informações a Daniel, o anjo disse que teria de ajudar outros anjos santos na peleja contra os demônios pelo controle da Grécia. A partir dessa Escritura, vemos que Satanás coloca demônios poderosos para influenciar a liderança de várias nações do mundo, de modo a tentar influenciar suas políticas na forma que o interessa.
Estude bem essas duas passagens, pois instruem bem sobre a guerra espiritual que está ocorrendo continuamente em torno do mundo, no espaço sideral, e no próprio céu, pois Satanás tenta diariamente estorvar o plano de Deus. Após você compreender essas situações, estará em uma condição muito melhor para compreender os princípios que a Dra. Brown está nos ensinando. Embora o cristão médio não compreenda a realidade da guerra espiritual, os satanistas praticantes a compreendem muito bem. Na verdade, eles são treinados especificamente para participarem nessa guerra espiritual diariamente

Vamos agora voltar nossa atenção para o assunto deste artigo: 1) Como uma pessoa abre "portas em suas vidas que permitem a possessão ou aflição demoníaca? 2) Essa mesma condição pode ocorrer com uma nação?
Antes de iniciarmos, vamos examinar o modo como Deus criou todo ser humano desde Adão. Ele nos criou como seres formados de três partes. Temos corpos que são físicos e espirituais e temos nossa alma eterna. Na morte, o físico e a personalidade espiritual morrem e deixam de existir. No entanto, a alma eterna volta para Deus. O apóstolo Paulo nos dá uma compreensão sobre esse assunto; vamos revisar rapidamente o que ele disse:
1) Corpo físico e corpo espiritual — "Se há corpo natural, há também corpo espiritual." [1 Coríntios 15:44] Como Paulo estava falando nesta passagem sobre o arrebatamento da igreja, podemos ter a certeza que o "corpo espiritual" aqui significa nossa alma eterna. No entanto, a próxima passagem que citamos de Paulo nos diz que o corpo físico é formado por duas partes, corpo e espírito; 
2) Somos templos — "Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?" [1 Coríntios 6:19] Esse assunto é sério , pois revela que cada ser humano é formado por três partes! O templo, ou o Tabernáculo, era formado de três partes, por ordem de Deus! A primeira parte era o Átrio Exterior, onde os gentios e as mulheres podiam vir e adorar; a segunda parte era o Santo Lugar (Santuário), onde homens podiam adorar e onde os sacerdotes realizavam os sacrifícios; e a terceira parte era o Santo dos Santos, no qual a arca da aliança era guardada e onde o Espírito Santo de Deus residia. 
 Portanto, se somos templos, temos um átrio exterior (corpo), a área do santuário (espírito, personalidade) e nosso santo dos santos interior, onde o Espírito Santo reside no crente. Nesse "santo dos santos" interior do incrédulo, o Espírito Santo não está residindo, de modo que existe um vácuo que Satanás quer ocupar. O problema de Satanás é que ele não pode simplesmente vir, sem ser convidado. Ou, pensando em termos jurídicos, ele precisar ter "uma permissão legal" para vir e ocupar o interior da pessoa, por alguma ação dela. Como diz a Dra. Brown: "Creio que o templo de Deus não é somente contaminado por participação ativa no pecado, mas também a presença de demônios... Os demônios não podem simplesmente vir e entrar em uma pessoa quando quiserem. Temos uma proteção contra a qual eles nada podem fazer, a não ser que quebremos um furo na nossa proteção... Chamo isso de pecados que permitem a entrada de demônios, 'pecados que profanam o templo'." [págs. 147-149, ênfase adicionada].

Quais são os pecados que abrem portas, permitindo que os demônios entrem no nosso Átrio Exterior e nos nossos espíritos? Lembre-se, "por meio da porta do pecado, os demônios podem entrar e fazer estragos em nossas vidas." [Ibidem, pág. 169].
Existem três categorias principais de portas, que, se forem abertas, podem dar a um demônio a permissão de entrar. Os demônios procuram fazer as pessoas abrirem essas portas para eles, para que possam entrar imediatamente: 
1. Herança — Se algum ancestral imediato seu esteve envolvido com feitiçaria de qualquer forma, e isso inclui Maçonaria, Mormonismo, ou qualquer falsa religião, precisa identificar esses antepassados e pedir especificamente que o Espírito Santo feche e lacre aquela porta;
2. Pecados sexuais — "Os demônios passam de uma pessoa a outra por meio dos pecados sexuais. Esses pecados dividem-se em oito categorias básicas." [Ibidem]:
a) Relações heterossexuais fora do casamento. As pessoas estão cometendo este pecado o tempo todo. Sexo com alguém fora do matrimônio é o tema principal da maioria dos filmes, novelas, comédias de situação e livros. Quando você considera que a pornografia gira basicamente em torno do sexo fora do casamento, começa a perceber como essa porta está sendo aberta nas vidas da maioria das pessoas. No Seminário 1, disponível em fitas cassetes e que pode ser encomendado no site The Cutting Edge, damos as estatísticas sobre essa imoralidade nacional, para que você possa compreender este país como Deus olha para nós. Daremos aqui apenas algumas estatísticas representativas para que você possa compreender a gravidade desse tipo de pecado. Três-quartos dos adolescentes de hoje têm sexo antes do casamento; dois-terços de todos os bebês estão nascendo de mães solteiras. Dezenas de milhões de pessoas abriram essa porta do pecado em suas vidas, literalmente convidando os demônios a entrarem. Nos jornais e revistas que circulam nas grandes áreas metropolitanas, os classificados trazem uma grande seção de anúncios de "Acompanhantes". Esses anúncios nada mais são do que o oferecimento de prostituição. Muitas cidades proíbem a atividade das prostitutas nas ruas, mas fazem vista grossa para esse tipo de prostituição por meio de anúncios nos jornais;
b) Relações homossexuais — homossexualismo ou lesbianismo — Este tipo de atividade sexual começou a vir a público em nossa cultura nas duas últimas décadas. Hoje, existem as Passeatas do Orgulho Gay, anúncios em certas revistas e jornais, atores e atrizes que declaram sua opção pelo mesmo sexo, ou programas, como novelas e comédias de situação que tratam da questão do "assumir", ou "sair do armário". Não somente essas pessoas gays estão infestadas por demônios, mas todo nosso corpo nacional está contaminado aos olhos de Deus, pois nossa sociedade tolera e encoraja esse comportamento.
A Dra. Brown observa em seu livro que "a violência e o homicídio caminham de mãos dadas com os demônios da homossexualidade. Não sei qual é a razão disso, mas é um fato" [Ibidem, pág. 226].
c) Incesto — A ocorrência desse pecado está aumentando todos os anos. Além disso, para cada incidente que vem a público, muitos outros estão ocorrendo e que ficam em segredo. Dentro da indústria da pornografia, o incesto é uma categoria de muito interesse;
d) Sexo com crianças — Este tipo de pecado é de grande interesse nos círculos homossexuais. Na verdade, nos EUA existe uma organização chamada NAMBLA, que significa North American Man Boy Love Association (Associação Norte-Americana Para o Amor Entre Homens e Meninos). O principal objetivo desse grupo é conseguir remover da legislação todas as leis que proíbem o sexo com crianças. No entanto, os homens heterossexuais também se interessam por meninas, pois essa categoria também é oferecida pela indústria da pornografia;
e) Sexo com animais — A bestialidade é um daqueles segredos muito bem guardados, sobre o qual não existem dados estatísticos. No entanto, entre em qualquer loja especializada em material erótico e pornográfico e verá revistas e filmes sobre esse assunto. Como nenhuma loja oferece produtos para os quais não exista demanda, podemos assumir que há uma procura considerável por esse tipo de material;
f) Sexo com demônios — Este tipo de sexo normalmente é reservado somente para as pessoas que estão envolvidas com o ocultismo. No entanto, quem consome material pornográfico e se envolve na prostituição também pode experimentar esse fenômeno. Eis o que diz a Dra. Rebecca Brown:
"As pessoas que estão envolvidas em todas as formas de feitiçaria, de satanismo e de religiões orientais experimentam relações sexuais com vários tipos de espíritos. Em países asiáticos, isso é chamado de 'sexo astral'. Como isso ocorre? A pessoa sente todas as sensações físicas do ato sexual, apesar de o parceiro ser um espírito e não um parceiro físico... Muitas vezes, os atos sexuais com demônios são interpretados como 'sonhos', mas a pessoa acorda sexualmente excitada. Isso pode ser a causa de freqüentes 'sonhos molhados' em homens. O pecado da masturbação freqüentemente leva ao sexo com demônios, por causa da intensa visualização envolvida" [Ibidem, págs. 224-225].
O pecado do sexo fora do casamento e o da pornografia também pode levar ao sexo com demônios;
g) Sadomasoquismo — Este pecado está crescendo atualmente. Mais uma vez, tudo o que você precisa fazer para constatar isso, é entrar em uma loja de artigos pornográficos e ver quantos tipos de materiais existem disponíveis para venda. Em revistas de estilo de vida alternativo, você descobrirá grandes seções dedicadas ao sadomasoquismo;
h) Pornografia — No Seminário 1, dedicamos um bom tempo falando sobre a gravidade do problema da pornografia nos EUA. Desde aproximadamente 1965, a pornografia se tornou lugar-comum e a maioria das pessoas não se preocupa muito com o assunto. Hoje, pode-se encontrar revistas pornográficas para o público heterossexual em qualquer banca de jornal;
3. Envolvimento com Qualquer Forma de Ocultismo "O ocultismo tem uma infinidade de atividades por meio das quais as pessoas podem ser envolver. Seriam necessárias muitas páginas para descrever todas elas. Vou dividir o ocultismo em categorias e relacionar os problemas mais comuns." [Ibidem].

Adivinhação — "É a arte de procurar prever ou predizer eventos futuros ou descobrir conhecimento oculto. As formas de adivinhação que abrem as portas da vida de uma pessoa para a entrada de demônios são leitura das mãos, bola de cristal, bacia d'água, pêndulo, vara de adivinhação para localizar água no subsolo, cartas de Tarô e qualquer forma de leitura de cartas, leitura das folhas de chá, estudo das vísceras de um animal (como é feito no Candomblé)." [Ibidem, págs. 170-171].
A "ciência" moderna criou algumas novas técnicas de adivinhação que são falsa ciência e 100% ocultistas. Entre elas estão: Grafologia, a análise da caligrafia. Existe uma grande legitimidade aqui, mas se ouvir coisas como 'você sofreu um acidente quando tinha onze anos e isso faz com que tenha dificuldades no relacionamento pessoal', saberá que está ouvindo adivinhação por meio do ocultismo. Iridologia — "A íris é a parte colorida do olho. Afirma-se que, simplesmente olhando a íris, pode-se diagnosticar qualquer doença do corpo." Isso é adivinhação. Cinesiologia — "É o estudo do movimento do ser humano. Lida com o estudo de quais músculos estão envolvidos nos vários movimentos do corpo. Isso é ciência e não há problema algum aqui. No entanto, tipos alternativos de cinesiologia, Cinesiologia Aplicada e Cinesiologia Comportamental são ocultistas. Citotoxologia — É o diagnóstico de qualquer doença a partir do suposto estudo de células do sangue. Muita informação pode ser legitimamente obtida estudando-se o sangue, mas é impossível diagnosticar todas as doenças estudando-se um tipo de célula sangüínea. Reflexologia — É o diagnóstico de doenças por meio dos reflexos: é adivinhação ocultista. Hipnotismo — É basicamente um transe demoníaco. Está em violação direta à Palavra de Deus. Somos conclamados a levar cativo todo pensamento a Cristo [2 Coríntios 10:3-5] e a sermos sóbrios e vigilantes [1 Pedro 5:8]. Devemos estar sempre alertas. Deus nos considera diretamente responsáveis por nós mesmos e por nossa mente. O hipnotismo requer submissão da pessoa que está sendo hipnotizada. Demônios são sempre colocados numa pessoa por meio do hipnotismo. Quem usa essa técnica também tem demônios. O povo de Deus tem que ficar longe dessa armadilha." [Ibidem, págs. 172-173] Neste ponto, posso ouvir algumas pessoas dizerem que a Odontologia emprega essa técnica, de forma que devemos estar enganados. A única coisa que posso perguntar é se você conhece a orientação espiritual do seu dentista que pratica o hipnotismo! As pessoas que praticam a "arte" têm um aspecto e atuam de forma absolutamente normal; se não fosse assim, qualquer um poderia saber quem é satanista praticante somente de olhar! A Dra. Brown adverte repetidas vezes em seu livro que muitas pessoas na "arte" são profissionais da área médica. Fique longe do hipnotismo e dos médicos e dentistas que utilizam essa técnica!
"Acupuntura é originária da Ásia. É parte integral da religião asiática. As agulhas supostamente tocam no 'chi' ou espírito. A acupuntura oferece uma cura demoníaca." [Ibidem] Novamente, a acupuntura pode parecer trazer alívio, mas a que preço? Se a pessoa que se submete ao tratamento for depois assediada por demônios, o que ganhou? [Nota de A Espada do Espírito: Existe certa explicação científica para a acupuntura; é preciso distinguir entre a acupuntura realizada por um aderente da Nova Era e a acupuntura científica, que é estudada em Universidades ocidentais. Para uma melhor compreensão desse tópico, recomendamos a leitura do artigo sobre acupuntura no site Watchman Fellowship] "Acupressão — opera sob o mesmo princípio que a acupuntura. Análise de Cores — Tipo de análise onde se diz que determinadas cores afetam o seu nível de energia," [Ibidem] bem como outras partes do seu corpo, e sua vida. A cura por meio das cores é muito comum nos círculos ocultistas, incluindo o Movimento de Nova Era. "Análise do Cabelo — É o diagnóstico de doenças analisando-se o cabelo."
Artes Marciais são muito praticadas atualmente. "É um fato bem conhecido no mundo ocultista que os demônios são o poder que é usado nas artes marciais. Entretanto, há muita confusão envolvendo a autodefesa. Como uma boa regra geral, se você atingir um ponto onde pode fazer coisas, sem ferir-se, que normalmente causariam danos à carne e aos ossos, então você está usando poder demoníaco." [Ibidem pág. 174].
Sessões Espíritas — São uma forma comum de adivinhação. Existem diversas formas de sessões. "Lembre-se, uma sessão espírita envolve a invocação de um espírito para dele receber comunicação. Outras formas de sessões são: Tabuleiro de Ouija; "Bloody Mary — um jogo para crianças em que um demônio aparece para elas em um espelho." [Ibidem] Os demônios gostam muito dos espelhos e muitos ocultistas crêem que os espelhos são um modo de ver o mundo dos espíritos. Os Estúdios Walt Disney utilizam isso com freqüência nos seus desenhos. Meditação — é falar com um conselheiro, ou espírito-guia, como no Método Silva de Controle da Mente e em muitas outras técnicas. Catolicismo Romano — Invocar a ajuda dos 'santos' e de Maria" [Ibidem].
Ioga, Meditação Oriental, Visualização, Música Rock. Uso de cristais, Percepção Extra-Sensorial, projeção astral, pactos de sangue de qualquer tipo, incluindo tornar-se irmãos de sangue, sacrifícios de qualquer tipo, mantras de qualquer tipo. Qualquer pai cujos filhos estejam ouvindo música Rock de qualquer tipo deve imediatamente tomar uma atitude radical para forçar os filhos a desistir dessa música satânica. No Seminário 1, mostramos, em grande detalhe, que a música Rock é o meio perfeito para ensinar valores satânicos a milhões de adolescentes, que já são rebeldes por natureza. Se você estiver praticando Ioga, ou qualquer tipo de meditação que ensine o esvaziamento da mente, está envolvido com o ocultismo! Está abrindo portas na sua vida para a entrada de demônios.
b) Astrologia — O número de anúncios de astrólogos nas revistas, jornais e até na TV e no rádio é enorme. Muitas das "pessoas bonitas", como atores, atrizes e modelos dão o exemplo recorrendo a astrólogos para saberem o futuro e receberem orientação para suas carreiras. Os horóscopos estão em toda a parte, em todas as mídias, inclusive na televisão; esse tipo de prática ocultista se tornou tão comum que a maioria das pessoas pensa que é normal e totalmente inocente. No entanto, qualquer pessoa que consulte um astrólogo está abrindo uma porta no seu interior para a entrada de demônios.
c) Feitiçaria, necromancia, ou bruxaria (formas de feitiçaria) — Desde que os Estúdios Disney colocaram um chapéu de mago no Mickey Mouse e o transformaram em um feiticeiro, a prática da feitiçaria começou a se tornar pública. Esteja ciente que Walt Disney é o maior divulgador da feitiçaria no mundo, especialmente para as crianças! Fique longe dos filmes e desenhos produzidos pelos Estúdios Disney e não permita que seus filhos os assistam.
Um necromante é alguém que conjura (invoca) os demônios. Esse tipo de atividade está sendo muito utilizado nos roteiros dos filmes nos últimos dez anos e agora está se tornando comum nos desenhos animados voltados para o público infantil.
d) Consultar espíritos familiares (chamar os espíritos dos mortos ou realizar sessões) — Embora esses dois exemplos anteriores de consultar espíritos familiares possam ser os mais comuns, está crescendo depressa o ensino da Nova Era que toda pessoa tem um espírito familiar e, mais provavelmente, múltiplos espíritos familiares. Essa prática satânica é expressamente proibida na Bíblia: "O homem ou mulher que sejam necromantes, ou sejam feiticeiros, serão mortos; serão apedrejados; o seu sangue cairá sobre eles." Levítico 20:27. Veja que no Antigo Testamento Deus decretou a pena de morte para qualquer pessoa que tivesse espíritos familiares. Na Bíblia, Deus ensina que, quando as autoridades de uma nação se recusam a punir de acordo com a Sua orientação, em breve Deus derrama aquela punição sobre toda a nação. Nossa nação não percebe que é merecedora da pena de morte instituída por Deus para esse tipo de pecado.).
e) Assistir filmes de terror ou baseados em ocultismo — É possível tornar-se possesso por demônios simplesmente assistindo filmes de terror e de ocultismo. No prefácio da The Satanic Bible (A Bíblia Satânica), lemos que Anton LaVey, o sumo sacerdote da Igreja de Satanás nos EUA, era freqüentemente contratado pela indústria cinematográfica para servir como consultor no estúdio em que eram realizadas as filmagens. LaVey orientava os diretores sobre como retratar corretamente as cerimônias e rituais satânicos. Quando o espectador se senta passivamente para assistir a um ritual satânico real, está abrindo uma porta na sua vida interior para a possessão demoníaca! Adolf Hitler ficou possesso por demônios na sua adolescência ao assistir a uma ópera do compositor alemão Richard Wagner, que era baseada em temas ocultistas. Pense no layout de uma típica locadora de vídeo: os filmes de terror e baseados em ocultismo ocupam uma grande área da loja. Veja nos jornais os anúncios de filmes recém-lançados e observe quantos se baseiam em ocultismo.  

Em seguida, a Dra. Brown relaciona diversos históricos de casos de pessoas que foram libertas das práticas ocultistas. Relacionarei o nome fictício e depois as portas que cada uma dessas pessoas abriu em suas vidas, ou tinha aberta, no caso da feitiçaria hereditária. Lembre-se, as pessoas que estão mergulhadas no ocultismo terão muitas dessas portas abertas; outras poderão ter somente uma ou outra. Veja se você reconhece qualquer pecado seu nesta relação, para determinar se abriu portas para a possessão demoníaca em sua vida:
Susana 33 anos de idade — Portas: Herança, maçons e membros do Santuário (uma organização maçônica) na família; doença mental. Catolicismo romano, batismo, crisma e comunhão na igreja católica. Múltiplos parceiros sexuais; meditação transcendental; alcoolismo. Finalmente, envolveu-se seriamente em feitiçaria, usando o tabuleiro de Ouija, cartas de Tarô e hipnotismo.
Ela então decidiu deixar a feitiçaria e entrou em uma igreja Episcopal carismática. Com sua experiência anterior em meditação transcendental e hipnotismo, foi convidada a integrar a equipe de aconselhamento da igreja, mesmo não sendo salva. Rapidamente, começou a usar a meditação transcendental, hipnotismo, cura interior e visualização na igreja. Ela é um exemplo típico de uma pessoa que quer sair do ocultismo, mas acaba caindo vítima de práticas similares dentro de uma igreja liberal e apóstata. Tenha cuidado, não aceite a oferta de Satanás de uma experiência ocultista "cristianizada" em uma das muitas igrejas "cristãs" na nossa sociedade apóstata de hoje. Uma vez trabalhei com uma mulher que era solista em uma igreja metodista. Certa vez, ela começou a me falar das muitas vezes em que nas Reuniões de Senhoras, ela "canalizava" espíritos. Quando eu lhe disse que essa atividade é proibida na Bíblia, pois estava usando um médium, ela se ofendeu e encerrou abruptamente nossa conversa. Satanás é muito enganoso e mudou os nomes de suas atividades ocultistas mais antigas.
Dentro dos círculos carismáticos, uma porta muito comum para a entrada de demônios é falar em línguas ou receber a "palavra de profecia". Os satanistas não têm nenhuma dificuldade em reconhecer essa atividade como demoníaca; as únicas pessoas que têm dificuldade são os cristãos que estão mais interessados em experiências do que na fé. Satanás descobriu que pode vestir uma experiência para fazê-la parecer e soar como cristianismo, desse modo enganando multidões de pessoas, levando-as a crer que são cristãos genuínos e que realmente vão para o céu. Doc Marquis, um ex-satanista Iluminista, recorda-se de ter ido a um culto em uma igreja "cristã" com um amigo pentecostal. Doc ficou chocado quando as pessoas começaram a falar em línguas, sendo interpretadas por outras pessoas. Ele ficou ainda mais chocado quando viu pessoas dançando nos corredores. No entanto, ficou absolutamente chocado quando o pastor desceu do púlpito para realizar uma "cura" em uma mulher; quando o pastor chegou a alguns metros da mulher, uma força invisível subitamente a empurrou, fazendo com que ela caísse de costas. Doc se levantou e foi embora. Seu amigo o alcançou quando ele já estava fora e perguntou por que ele estava saindo. Doc respondeu: "Vim aqui para participar de um culto cristão, não para ver feitiçaria disfarçada de cristianismo".
Amigo, se você está envolvido em qualquer atividade pentecostal, reconheça-a como o satanismo que realmente é, percebendo que você está abrindo uma porta no seu coração, alma e mente, e que está abrindo portas na sua vida interior dos seus filhos e do seu cônjuge. Verdadeiramente, Jesus estava certo quando disse: "Retirai-vos dela, povo meu, para não serdes cúmplices em seus pecados e para não participardes dos seus flagelos." [Apocalipse 18:4].
Estamos em um ponto excelente para finalizar este artigo, pois nesse verso, Jesus está exortando Seu povo a se retirar de uma nação que Ele está prestes a destruir fisicamente, em uma hora do dia, como grande fogo de algum tipo. Veja estas próximas palavras de Jesus: "Porque seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou dos atos iníquos que ela praticou." [Apocalipse 18:5].
Você pode ver os pecados no nosso país acumulando-se até aos céus? Conforme relacionamos todas essas portas que tornam uma pessoa vulnerável à possessão demoníaca, você pode ver que a América não somente está praticando esses pecados, mas também está encorajando a todos a praticá-los? Os líderes no governo, a mídia de massa e as igrejas apóstatas, estão encorajando esses tipos de pecados, apresentando-os como divertidos, interessantes e sem qualquer conseqüência. O tempo em que Deus destruirá a América em julgamento por todos esses muitos pecados está se aproximando. Receba essa advertência como a oportunidade de apresentar-se diante de Deus, de arrepender-se dos pecados que cometeu e orar por aqueles que pode ter aberto nas vidas de outras pessoas. Arrependa-se desses pecados, pedindo que o Senhor Jesus Cristo o perdoe e que pelo poder do Espírito Santo de Deus remova da sua vida todos os demônios que você permitiu entrar por causa dessas atividades.
Se você estiver interessado em saber por que acreditamos que a América é a nação descrita em Apocalipse 18, leia nosso artigo CE1038, "Os EUA Podem Ser a Babilônia Econômica de Apocalipse 18". Se você está lendo este artigo com um coração sincero e aberto e ler também esse outro artigo recomendado, nunca será a mesma pessoa novamente.
As pessoas individualmente estão praticando hoje esses muitos pecados que "profanam o templo", que abrem portas em suas vidas para a entrada de demônios. Deus observa esses atos individuais e conta-os como a condição da nação. Essa condição é a razão por que o anjo de Deus lamenta pela Babilônia Econômica [os EUA] antes de destruí-la. Veja:
"Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, covil de toda espécie de espírito imundo e esconderijo de todo gênero de ave imunda e detestável." [Apocalipse 18:2]
Depois, no verso 5, ele conclui: "Porque os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou dos atos iníquos que ela praticou."
Você observou a palavra morada? Em outra tradução aparece aqui a palavra "refúgio", isto é, um local onde as pessoas vão para terem sossego e tranqüilidade. Portanto, a América deve ser um lugar tão aberto para a possessão demoníaca, que os demônios vêm aqui para descansarem e terem tranqüilidade! Essa passagem bíblica demonstra que toda uma nação pode se tornar possessa por demônios por meio das atividades ocultistas de seus cidadãos individuais.


Agora, graças às revelações da Dra. Brown, podemos compreender melhor essa passagem bíblica.
Como o mundo está sendo preparado para o aparecimento do Anticristo, devemos esperar que a feitiçaria em todas suas variedades de expressões atinja um nível muito elevado. Isso está previsto na Bíblia e certamente está acontecendo hoje. Estamos vivendo neste período e precisamos nos conscientizar da guerra espiritual que está ocorrendo, reagindo com conhecimento espiritual e com o poder do Espírito Santo. Precisamos também redobrar nossos esforços na oração e no testemunho, para ganharmos outras pessoas para Cristo nestes últimos dias. Verdadeiramente, essa terrível condição espiritual da maior parte da população prenuncia que o aparecimento do Anticristo está muito próximo. Nosso país está preparado para recebê-lo! 
 Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? De Uma Futura Guerra Demoníaca e Possessões Armas químicas, etc   Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também poderá usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.


Postagens populares