Demonologia

Demonologia é o estudo sistemático dos demônios. Quando envolve os estudo de textos bíblicos, é considerada um ramo da Teologia. Por geralmente se referir aos demônios descritos no Cristianismo, pode ser considerada um estudo de parte da hierarquia bíblica. Também não está diretamente relacionada ao culto aos demônios.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Aprendendo Bruxaria



Simbolismo
O Corvo é um espírito contrário. Do lado negativo, o Corvo representa o profano, o diabo, espíritos malignos, o malandro e ladrão, guerra e destruição, morte, o vazio.
No entanto, em muitas culturas o corvo também representa a magia profunda, o mistério do desconhecido, da morte e transformação, criação, cura, sabedoria, proteção e profecia.

O corvo é tanto o símbolo do sol, como o símbolo de uma noite sem lua. Ela é a luz que dá luz no centro da nossa galáxia, e o buraco negro no centro do universo, para o qual todos nós estamos viajando para a nossa eventual extinção.
O Corvo é o toque fatal da Calleach no inverno, a sabedoria de Odin, o navio da profecia dada a uma vidente, o protetor poderoso das ilhas ocidentais, e a mensagem de cura de um pajé indígena. O corvo é uma ave complexa, tanto na natureza quanto na mitologia.

Tempos Sagrados
O corvo representa o inverno, devido à sua capacidade de suportar o frio. Também representa a noite, sua plumagem ébano lembrando-nos da Lua Negra. A magia é muito forte nesta época do mês, quando a majestade do universo estrelado desdobra acima de nós. O corvo é um guia ideal no caminho dos mais profundos mistérios.

Profecia e Adivinhação
Para chamar o corvo como ave de profecia, você pode usar a rima antiga usada para interpretar presságios pelo número de corvos, gralhas ou visto em um rebanho:

Um para más notícias,
Dois para alegria.
Três é um casamento,
Quatro é um nascimento.
Cinco é a riqueza,
Seis é um ladrão.
Sete, uma viagem,
Oito é de tristeza.
Nove é um segredo,
Dez é sofrimento.
Onze é para o amor,
Doze - alegria para amanhã.

Manter uma pena de corvo ou com suas ferramentas é ótimo para adivinhação. Os corvos presidem especialmente ferramentas escuras, como espelhos e bolas de vidência de ônix, mas pode ser usado com qualquer ferramenta.

Círculos Mágicos

Ao desenhar um círculo usando imagens de corvos, a magia do corvo flui durante o ritual. Na tradição da Wicca de Morgan, a sacerdotisa Corvo circunda o perímetro nove vezes em honra das nove sacerdotisas de Avalon.

Adicionando penas de corvo em suas ferramentas (por exemplo, anexando as penas a sua varinha pessoal, athame, pentagrama ou em qualquer lugar do altar) é um meio poderoso de usar a Magia do Corvo.

Na natureza, os corvos atacam seus inimigos se eles vêm muito perto de seu ninho. Proteja sua casa ou empresa contra os malfeitores com os espíritos dos corvos guerreiros, como o Corvo Owein do Exército, a Morrigan, ou o Valkyres. Quando você invocar o seu espírito destemido, nada pode prevalecer contra você. 


Quais são as 7 ervas ?
Incensos e sua Propriedades
O incenso é uma substância resinosa aromática, empregada desde a antiguidade queimado como perfume para aromatizar ambientes, afastar insetos e em rituais religiosos. O incensário pode ser feito de metal, barro, cerâmica ou conchas. O importante é o incensário permitir que o incenso dure até o final sem apagar. Os incensos devem ser queimados até o final. Depois, os restos dos incensos podem ser jogados fora normalmente, como lixo orgânico, ou enterrados em algum lugar de seu jardim próprio para isso, se tiver essa possibilidade.
Propriedades dos incensos
Absinto: Estimulante geral para o cansaço mental e físico.


Alecrim: Traz saúde e sucesso nos negócios, acalma.

Alfazema: Acalma , limpa o ambiente.

Almíscar: Afrodisíaco, traz sensualidade e atração.

Amor Perfeito: Purifica, estudo, amor, elevação das vibrações.

Angélica: Fortifica a espiritualidade.

Anis: Para despertar o amor interno.

Anúbis: Para desperta a força.

Arruda: Proteção, limpa ambientes carregados.

Bálsamo: Acalma e equilibra a energia.

Bálsamo Rosa: Acalma, purifica, estudo, amor, elevação das vibrações, psíquicos.

Benjoim: Aumenta a espiritualidade, exorcismo.

Camomila: Acalma, purifica, psíquicos.

Canela: Estimulante; atrai prosperidade, bens matérias, equilíbrio mental.

Cânfora: Acalma, limpa ambientes carregados, desenvolvimento psíquico.

Cedro: Purifica, para despertar orças, psíquico.

Côco: Estimula o bem estar.

Cravo: Excitante, afrodisíaco, expulsar forças negativas, e expectorante.

Cravo-da-Índia: Purifica, para despertar força, espiritualidade, sensualidade e atração.

Dama-da-Noite: Ideal para encontros amorosos.

Egípcio: Purifica, amor.

Erva-Doce: Poderoso calmante.

Espiritual: Purifica, para despertar forças e espiritualidade.

Eucalipto: Purifica.

Eternum: Estudo, espiritualidade, elevação das vibrações, psíquicos.

Flôr-do-Campo: Equilíbrio emocional.

Flôr-de-Pitanga: Incentiva a criatividade.

Flôr-da-Índia (Kewda): Purifica as vias respiratórias.

Floral: Afasta os sentimentos negativos.

Eliotrópio: Amor.

Jasmim: Afrodisíaco, atrai paixão, melhora o humor, espiritualidade, elevação das vibrações, psíquico.

Kamarc: Para despertar força.

Lavanda: Harmonia, paz e equilíbrio.

Lótus: Estudo, elevação das vibrações.

Maçã-Rosada: Acalma.

Madeira: Energia positiva, amor, elevação das vibrações.

Madeira Oriental: Sensualidade e atração.

Mirra: Traz saúde e sucesso nos negócios, oferenda aos Deuses, boa sorte, acalma, purifica, espiritualidade, psíquico.

Mirra Quefren: Para despertar força.

Musk: Cria um ambiente de sensualidade.

Nós Moscada: Diminui a ansiedade.

Néfer: Amor, sensualidade e atração.

Nefetis: Amor.

Ópio: Favorece a determinação, elevação das vibrações, estudo e psíquico, alucinógeno.

Ópio Rosa: Sensualidade e atuação.

Orquídea: Afrodisíaco.

Orquídea Azul: Psíquico.

Patchuli: Desperta a alegria, clarividência, sensualidade, atração, para despertar força.

Papoula: Psíquico.

Quefren: Elevação das vibrações e psíquico.

Rosa: Purifica, estudo, espiritualidade, amor, elevação das vibrações, psíquico.

Rosa Branca: Purifica os sentimentos, acalma.

Rosa Musgo: Rejuvenesce, embeleza e amacia a pele.

Rosa Real: Útil na defesa da casa.

Rosário: Acalma, amor, elevação das vibrações.

Romanus: Para despertar força e psíquico.

Sândalo: Acalma, purifica, estudo, espiritualidade, amor, elevação das vibrações, sensualidade e atração, favorece a meditação e a intuição; equilíbrio mental.

Sete Ervas: Atrai energias positivas e proteção. É composto por arruda, guiné, alecrim, espada de São Jorge, comigo-ninguém-pode, pimenteira e manjericão.

Verbena: Atrai sorte.

Vetiver: Ativa a sensualidade, comando.

Violeta: Desperta autoconfiança, afrodisíaco.

Templum: Estudo, espiritualidade, elevações das vibrações, psíquico.

Ylang Ylang: Ativa a sensualidade, poderoso afrodisíaco.

Livro Das Sombras
Esse é o nome dado pelas bruxas contemporâneas para o livro no qual elas escrevem seus rituais, invocações e encantos. Não é um termo antigo surgido na Inquisição, como é erroneamente dito por aí, visto que a maioria das pessoas nesta época era analfabeta, sendo impossível manter um livro escrito à mão.

O termo “Livro das Sombras” vem do termo inglês Book Of Shadows e é muito comum você ler esse segundo termo em muitos livros e sites (ou sua abreviação: BOS). Todo coven (e toda(o) bruxa(o) solitária(o)) deve ter o seu Livro, pois é quase que uma base de todo o seu trabalho ritualístico. Tudo o que se refere à Wicca e à Bruxaria pode ser incluído nele.



Não se trata de um livro antigo ou famoso, apesar de muitos terem essa impressão. Não existe “um” Livro das Sombras; cada bruxa ou coven tem o seu, tradicionalmente escrito à mão. Esse trabalho escrito é chamado de “livro das sombras” porque seu conteúdo só pode ser a sombra das realidades deste mundo.

Nele, você irá escrever todos os seus feitiços, rituais, correspondências, invocações, cânticos e o que mais for necessário para a realização dos rituais. Muitas bruxas e bruxos gostam de ter mais outros dois livros: um para ser usado como diário de sua vida mágica, anotando desde sonhos até pensamentos sobre a religião, e outro para anotar informações históricas, dados sobre o Paganismo etc. Acredito que este seja um modo bastante interessante de se trabalhar.

O Livro das Sombras tem tradicionalmente a capa preta com o pentagrama cravado na capa, mas você pode cravar outros símbolos e até mesmo utilizar outras cores como verde, marrom, azul marinho. Tente se concentrar em cores e materiais naturais.

Uma antiga regra dos covens era que, quando alguém morria, seu livro deveria ser queimado. A razão principal era poupar os familiares da bruxa, pois a descoberta de tal livro poderia deixar-lhes em uma situação difícil, especialmente em famílias onde o culto era passado de geração para geração.

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...